O IGTV não acabou. Só mudou de nome

Não sei se você sabe, mas o Instagram “acabou” com o IGTV “oficialmente” nesta semana. Aliás, acabou não, mudou de nome para “Instagram TV”, que nada mais é que a forma sem abreviação do nome. Até o formato tinha um aplicativo dedicado – sim, existia um aplicativo dedicado para ele – o qual foi renomeado, tal como o formato, para Instagram TV.

E aplicou o que até então era um teste com alguns poucos usuários, mas que na verdade já era aplicada para praticamente todo mundo: o de misturar os vídeos longos com vídeos de até 60 segundos de feed – aliás, que sentido faz postar um vídeo de 60 segundos de feed se esse é exatamente o tamanho máximo de um reels?

Mas sim, o Instagram entendeu que o formato não colou tanto assim. O Instagram lançou o formato em 2018 como um modo de concorrência ao YouTube, mas nunca conseguiu se consolidar como tal. Aí passou a mirar os vídeos curtos, já que era essa a tendência de consumo. Foi nessa que surgiram os reels.

Toda essa mudança do – agora – antigo IGTV só se tornou oficial agora, na esteira também dos próprios problemas que aconteceram com o Instagram nessa semana.

No vale tudo, o Instagram ainda pretende pagar US$ 1 bilhão para os criadores de reels até o ano de 2022, de modo a estimular o uso e o consumo da ferramenta.

E bem, o Instagram TV segue dedicado a vídeos mais longos, de até 60 minutos, os quais são postados no formato “Publicação”, o mesmo das fotos.

Existem coisas que não cabem em um reels. Já até produzi alguns que você pode ver no meu perfil no Instagram. E aqui estamos nós nos adaptando às modernidades…

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Novidade no Close Friends do Instagram Gravação de áudios com pausa no WhatsApp Comunidades no WhatsApp? IGTV agora é Instagram TV Instagram enfrenta nova instabilidade