FECHADO PARA FICAR COBERTO PARTE 2

Todos podem colaborar com a fluidez do trânsito das cidades. Nesse caso, a paciência poderia muito bem ter sido trocada pela consciência dos motoristas. No dia 13 de Fevereiro publiquei uma matéria com esse nome acima (fechado para ficar coberto), aonde falava sobre a primeira interdição do viaduto Damásio Franca, que, como já sabem, está passando por uma reforma. Pois bem, como já era esperado, o viaduto foi fechado novamente, às 6 da manhã de hoje, para conclusão da cobertura do viaduto, que agora será praticamente um túnel. Como disse anteriormente, o viaduto está sendo coberto para que ofereça espaço para a praça que está em cima. Diferente das outras interdições, o viaduto ficará fechado até às 6 da manhã desta segunda-feira. E as recomendações são as mesmas, que o motorista usasse as vias alternativas, mas o trânsito, bem, o trânsito nessas ocasiões nunca muda, sempre engarrafado
A recomendação era para que os motoristas evitassem a Gen. Osório (para possibilitar o tráfego dos ônibus) e usassem como alternativa a B. Rohan, mas os motoristas dos carros não colaboraram muito. Na rua que fica em frente da sede da Prefeitura, há várias paradas de ônibus e, portanto, eles têm preferência para que os usuários do transporte coletivo não fossem prejudicados. No lugar de usar a B. Rohan ou outras alternativas de tráfego, como sempre há nesses casos, os carros menores em sua maioria trafegaram por ali. E é claro que isso gera engarrafamentos. Era claro que interditar uma avenida de grande movimento como aquela geraria transtornos, mas os motoristas poderiam ter colaborado evitando aquele trecho, pois a interdição foi comunicada previamente pela imprensa.
Com o número de carros crescendo a cada dia, as cidades precisam se adaptar a esse crescimento, mas precisam, até por questões ambientais, incentivar as pessoas a usar formas alternativas de transporte, quis dizer transporte público. E por aí vai. Até porque precisa se fazer alguma coisa para que as pessoas não parem de ir e vir, mas ir e vir com tranquilidade. E sem pressa.
Compartilhe este post