A identidade que a gente cria

Que lugar a gente quer deixar para as próximas gerações e que histórias a gente vai levar delas? É desse modo que o lugar onde a gente vive tem aqui um pouco da sua identidade preservada.

E ela, de certo modo, é uma assinatura de pioneirismo dos recursos do blog.

Por exemplo, para reafirmar o pioneirismo deste editor no estado da Paraíba das web stories, resolvi inserir, por uma questão justamente de identidade, uma assinatura no final delas para justamente identificar de onde vem as histórias que o mundo inteiro lê vindas deste blog.

Made in Rangel, João Pessoa, Paraíba, Brazil

Mas diriam, “ah, isso é uma coisa pequena!” Mas não deixa de ser uma afirmação do bairro, da cidade, do estado e do país de onde eu escrevo o blog e de onde componho as histórias. Para que saibam que o pioneirismo pode surgir de onde menos você poderia esperar.

E daqui você pode esperar tudo! A minha causa é pelo lugar onde vivemos, não importa qual, mas onde você cria raízes. Porque você não é nada sem elas. E lembrar dessas raízes é fundamental para a história daquilo que a gente constrói.

E que quer levar para o mundo. Para que o mundo saiba de onde tô falando.

Inspirado no desafio Bloganuary do WordPress.com

O tema do décimo sexto dia é “Qual é uma causa pela qual você é apaixonado e por quê?“. A identidade de lugar é importante para nos sentirmos parte de uma comunidade, parte de um todo.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

WhatsApp vai deixar de funcionar nos iOS 10 e 11 A semana no blog- 15 a 21 de maio Sair dos grupos do WhatsApp sem ser notado? Seria um sonho? A semana no blog- 8 a 14 de maio Como usar as reações em mensagens do WhatsApp