#96folhas- O PRINCÍPIO DOS CADERNOS

Este desenho, que é de uma face, tem esse nome porque não ficou legal. E mesmo não tendo ficado legal, o princípio desses cadernos é mostrar que o que não ficou legal pode ser encarado como algo que pode ser visto. Afinal, qualquer imperfeição é perdoada porque a vida não é perfeita.

E é exatamente esse o propósito desses desafios, o de desenhar o que você quiser sem arrancar nenhuma folha do caderno como prova do controle da sua ansiedade e das suas compulsões. Já foram quatro cadernos – dois de 48 e dois de 96 folhas – e um quinto de 96 vai começar a ser desenhado no próximo mês.

A partir desse princípio, coloco a cabeça sob controle. E crio possibilidades, como a de gerar mais conteúdos para este blog, embora essa seja mera consequência de todo o trabalho realizado.

A série segue com mais desenhos. Ainda tem vários na fila. E como estabeleci, problema nenhum me criará barreiras. Nenhuma folha está sendo arrancada, como nenhuma dos outros cadernos foi até agora.

E nenhum post saiu do ar. Os problemas técnicos que ocorrem volta e meia não contam, pois saem e voltam como uma cabeça de alguém com TOC. E sim o conteúdo, não usar o delete.

Compartilhe este post

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *