UMA HORA MAIS CEDO

Em João Pessoa, 13:25. Em Brasília, no mesmo instante, 14:25. Neste domingo, 18 de outubro, deve começar o horário de verão nas regiões Sul, Sudeste e Centro-Oeste. Os estados dessas regiões deverão adiantar os relógios em uma hora, de modo que, segundo se propõe, a economia de energia (das luzes que se acenderão uma hora mais tarde) seja de 4,5% nesse período.

Os estados das regiões Norte e Nordeste não deverão adiantar os relógios, porque como o Brasil é um país equatorial (essa medida costuma ser tomada em países que ficam longe da linha do Equador), há variação da duração dos dias e noites. Nas regiões que ficam próximas da linha do Equador, dias e noites teriam duração quase igual e, assim, a economia seria nula. Nas outras regiões, mais distantes da linha, os dias duram mais que as noites, e a intenção é adiantar-se uma hora para se aproveitar ao máximo a luz do Sol e assim economizar energia. O relógio biológico das pessoas que moram nesses lugares leva menos de uma semana para se adaptar ao horário.

Tal ideia surgiu em 1784, proposta por Benjamin Franklin. Bem que ele tentou convencer o governo americano a adotar a ideia dele, mas não obteve êxito. Tentaram fazer na Inglaterra do século XIX, e nada. O primeiro país que adotou o horário foi a Alemanha, na época da Primeira Guerra. No Brasil, o horário de verão foi adotado pela primeira vez em 1931, inicialmente em todo o território nacional, até que em 2003 ficou definido como apenas para Sul, Sudeste e Centro-Oeste.

A Paraíba não entra no horário, como aliás todo o Norte e Nordeste, mas sente seus efeitos.

  • Bancos abrem e fecham uma hora mais cedo;
  • Ônibus e aviões chegam mais cedo de estados que adotaram o horário para os que não adotaram (e os que saem chegam tarde);
  • A programação das emissoras geradoras de TV, que ficam no Sudeste, começa por padrão uma hora mais cedo.

Na parte da programação de TV, as grades das emissoras terão de se adaptar a classificação indicativa do Ministério da Justiça, que determina que os programas indicados para 12 e 14 anos, que geralmente são exibidos as 20 e 21 horas em diante, respectivamente, se mantenham assim. O que quer dizer que nem todos os programas começarão uma hora mais cedo, e sim no horário em que foi determinado pela emissora, dependendo da classificação indicativa.

Antes sem data determinada, o horário de verão teve sua data e duração predeterminadas pelo Decreto nº 6558, de 08 de setembro de 2009, que estabelece que o horário de verão começa no terceiro domingo do mês de outubro e termina no terceiro domingo do mês de fevereiro, sendo assim em todos os anos. Assim, o horário de verão termina no dia 20 de fevereiro de 2010.

E aqui em João Pessoa, que não adota o Horário de Verão, quando este relógio marcar 13:25 como aparece na foto, em Brasília serão 14:25.

Compartilhe este post