Image

Minicoluna para encerrar 2023

Chegou a última minicoluna do ano, trazendo notas e aleatoriedades para encerrar 2023.
,

Chegou a última minicoluna do ano de 2023! Como imaginar que aquele tema largado já teria mais de 150 posts, hein? Pois vai ter muito mais em 2024. Mas antes, é hora de seguir com a saideira do ano velho, para encerrar 2023 e pensar que já já, temos mais um ano para construir coisas incríveis como construí neste ano.

E é assim, nesse clima de fim de ano e certeza de dias melhores no ano que virá, que eu começo mais uma minicoluna, aquele espaço das notinhas menores que um destaque aleatório, mas que eu quero dar tanta importância, que eu escolhi colocar aqui, em um post de destaque semanal.

E agora, vamos começar a minicoluna para encerrar 2023!

Antes de começar…

Perdeu a minicoluna da semana passada? Clique aqui.

Agora sim, vamos começar a minicoluna.

Pensando no futuro

Vamos começar a pensar no futuro, principalmente, com as pessoas que chegam, com os projetos que temos, e com as coisas que iremos fazer?

A nossa meta são os próximos anos, afinal, se em 15 anos a gente já construiu muita coisa, imagine mais para frente…

Bloganuary

Em janeiro tem Bloganuary, que vai ocupar o espaço do segundo post diário, dando férias – e permitindo um acúmulo de bagagem – das artes digitais.

Janeiro é mês de escrever bastante, meus amigos.

Artes em janeiro? Só as tradicionais

Os cadernos não podem parar, por isso, artes em janeiro, só as tradicionais, em forma de vídeo.

#40folhas nas sextas-feiras, #96folhas aos sábados e #FolhaColorida aos domingos. E mais uma série especial nas segundas-feiras, em planejamento.

Quase 100 artes

Com os vídeos nas redes sociais, a série de artes digitais no site volta em fevereiro com uma frente de pelo menos 90 artes.

69 artes feitas neste ano estão na fila de postagem. Algumas nem tiveram os vídeos postados, mas conto com as artes que ainda vou fazer.

Que venham os 1000!

Você viu no post anterior que as minhas redes sociais estão próximas de 1000 seguidores.

Sim, as duas redes sociais. Com algumas diferenças.

Seguir crescendo

Na esperança que essa meta seja atingida ainda em 2023, o negócio agora vai ser manter as redes sociais em patamar de crescimento, com posts diários, como sempre tem sido.

E seguir focando no TikTok e no YouTube, onde já são postados vídeos diários. Essas redes já têm mais de 600 seguidores, e é fundamental que cheguem a 1000 assim como as redes principais estão chegando.

Quem sabe não é você o milésimo seguidor?

Acesse twitter.com/josivandro e seja o milésimo seguidor do X, que era Twitter.

E quem sabe você não pode ser o milésimo seguidor do Instagram? É só acessar instagram.com/josivandroavelar e me seguir.

Fortaleça os meus projetos

Você já sabe que eu sigo por aqui, em busca de novos trabalhos e mantendo os meus projetos de forma 100% independente. Agenda e comissões seguem abertas para as artes físicas e digitais.

Neste site tem também um plano de patrocínio e assinaturas no site. Clique aqui e escolha a melhor opção.

Um jeito fácil de contribuir

E você também pode colaborar com qualquer valor para o meu trabalho, mesmo que não adquira nada, através do Pix artesdigitais@josivandroavelar.com.br.

Se você quiser adquirir uma arte, você pode entrar em contato comigo. É só conferir o Mídia Kit de Artes Digitais.

A arte digital de hoje, eu já postei

Foi com um brinde ao novo ano que eu postei a arte digital de hoje.

Essas artes de datas comemorativas são feitas e postadas em cima do laço, só para dar um componente de emoção nessa semana…

Clássicos de Josivandro Avelar

E agora, vamos de mais um clássico da quarta-feira, dessa vez em cima do laço.

O último clássico do ano. Em 2024, vai ter um momento em que artes e fotos que eu fiz um dia desses já terão virado clássicos.

Siga-me…

No Instagram – e nas demais redes sociais – em @josivandroavelar. No X e no Telegram, em @josivandro.

Uma delas vai chegar em 1000 na próxima semana. Ou as duas…

Paz, amor e felicidade

E esta foi a última minicoluna do ano de 2023. Como explicar esse ano cheio de emoções e histórias incríveis que eu contei, sejam elas em uma linha, sejam elas em posts completos, seja em arte?

Na semana que vem, já será 2024, quando a minicoluna volta, seguindo como nos últimos dois anos nas quartas-feiras. Afinal, é assim que as pessoas me conhecem: sabendo que em determinados dias vão encontrar aquele conteúdo. Em 2024 seguirei assim!

Sigo por aqui todos os dias, e vamos que vamos, porque ainda temos mais quatro dias de 2023 para construir. E ter feito história em todos os dias do ano, na certeza de que em 2024 repetiremos a dose.


Receba os posts do site em seu e-mail!

Toda vez que um post for publicado no site, você irá receber na hora.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Antes de deixar o seu comentário, leia a Política de Comentários do site.

Luneta Sonora

Um podcast sobre tudo e o nada ao mesmo tempo.
  1. Luneta Sonora 127: Sério que eu esqueci dos três anos do podcast?
  2. Luneta Sonora 126: Se eu esqueci de alguma coisa, eu não me lembro
  3. Luneta Sonora 125: Como eu esqueci de oito desenhos?
  4. Luneta Sonora 124: Que legenda este episódio merece?
  5. Luneta Sonora 123: A velha rotina está de volta
  6. Luneta Sonora 122: Nunca pode ser tarde, mas tem sido tarde

Assine A Luneta

Receba os posts do site em uma newsletter enviada às segundas, quartas e sextas, às 8 da manhã.