IDEIAS DE UM ANIVERSÁRIO- PARTE 1

A partir de hoje, o Blog Josivandro Avelar lança a série “Ideias de um aniversário”, que vai falar do passo-a-passo das comemorações dos 60 anos da minha mãe, Arivanda, cujos gráficos e afins foram executados pelo editor deste blog.

Começamos pelo começo. No dia 10 de julho, lancei a marca que seria empregada nas comemorações. Impressos, convites, decoração da festa, enfim, tudo deveria ter aquela marca.

#vanda60- marca piloto

Só que o projeto acima foi aprovado com ressalvas. A primeira delas, a cor. Deveria ser monocromática, e assim foi. Nem na família você escapa de ter seu projeto aprovado com alterações do cliente. Nem que esse cliente no caso seja a sua mãe.

A marca definitiva.
A marca definitiva.

Marca entregue, pelo menos você vai economizar na tinta da impressora e na memória da sua cabeça, pois você sempre vai saber que aquele projeto da marca #vanda60 seria em #000000 (preto) e #ffffff (branco). A tipologia é retrô de propósito; os meus irmãos queriam dar a minha mãe uma festa retrô, que retratasse a década de 1970 – quando minha mãe tinha 20 anos. Foram realizados dois eventos, no entanto.

Isso porque o aniversário da minha mãe, que foi no dia 24 de agosto, caía numa segunda-feira. Nesse dia foi realizado um louvor de Ação de Graças – ela é católica romana – e no sábado posterior – 29 de agosto – seria realizada a festa retrô. Assim sendo, entra o primeiro produto da comemoração – as “lembrancinhas” da festa.

As “lembrancinhas” da festa

Toda festa de aniversário que se preze tem uma lembrança – um cartão ou coisa qualquer que o convidado recebe pela presença na festa e que é guardado como uma lembrança de que a pessoa lá esteve. Como eram duas comemorações, pensamos em duas lembranças. Eu não. Minha mãe sim. Aí entrou a ideia de um… CD.

CAM00802
CD “Louvores”, lembrança do louvor de 24 de agosto.

Para cada festa, foi feito um CD com músicas selecionadas pela minha mãe entre as que ela mais gosta de ouvir e quis compartilhar. A princípio seria feito apenas um CD, mas devido as comemorações serem duas com duas temáticas distintas – e por tabela, públicos distintos mesmo que todos eles sejam amigos da sua mãe – foi decidido que os CDs seriam dois; um de louvores, o outro que a princípio deveria ser somente com músicas românticas, mas que por conta da inclusão de músicas pop, virou “Momentos” de última hora – como tudo nesse meio publicitário.

A capa do CD “Louvores” foi feita em menos de 10 minutos. A imagem que ilustra a capa é de uma capelinha que minha mãe ganhou no Dia das Mães. A foto foi tirada do meu celular – um LG Optimus L5 eE615F cuja câmera tem 5 megapixels – 3 minutos antes da finalização da capa. Sim, comecei a capa sem a imagem, saí do quarto para tirar essa foto, voltei e a capa estava pronta.

CAM00798
A capelinha que aparece na capa do CD “Louvores”. A foto foi tirada do mesmo celular de onde tirei a foto que ilustra a capa do disco.

A do CD “Momentos” tem como imagem de capa as mãos da minha mãe (no centro) e dos quatro filhos dela. É do CD que foi entregue no dia 29 de agosto, dia da festa retrô.

CAM00807
Capa do CD “Momentos”, que é ilustrada com uma foto das mãos da minha mãe e dos quatro irmãos. Minha mão é essa do canto inferior esquerdo.

Foram feitos a princípio 25 CDs de Louvores e 25 de Momentos. Mas a demanda foi tão grande que eles viraram 30 e 29, respectivamente. Ainda existe uma “mídia zero”, que foi o primeiro CD “Momentos” a ser gravado, mas que foi reprovado por falhas de som e por ter uma das faixas trocada. Não autorizei a entrega do disco junto aos demais, e ele ficou em casa, com um selo de “mídia zero”.

Outros terminaram sendo feitos após as festas, devido ao sucesso da lembrancinha. No fim das contas, terminamos com a entrega de 35 CDs Momentos e 40 Louvores, totalizando assim 75 cópias gravadas. Todas elas estão com a assinatura deste blog. Para você que chegou até aqui através dos CDs, bem-vindo.

Os CDs se espalharam por vários cantos de João Pessoa. Cristo e Rangel, nosso reduto, bem como Mangabeira, Valentina, Geisel, enfim, quase toda a Zona Sul da capital. Ainda deverão viajar exemplares do disco para Manaus-AM e interior da Paraíba. Onde minha mãe tem amigos, os CDs estarão lá.

Próximo capítulo da série, vamos falar do Louvor de Ação de Graças.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Confirmação em duas etapas no WhatsApp Como o Instagram classifica o que você vê O que é o TikTok? Entendendo os algoritmos do Instagram WhatsApp não irá limitar quem não aceitar nova política de privacidade Truques para ativar a função de pagamentos do WhatsApp Como exibir o número de curtidas no seu Instagram WhatsApp libera função de acelerar áudios Storytelling da Luneta Novos recursos de áudio do Facebook E se eu não aceitar os novos termos de uso do WhatsApp? Visualizando o número de curtidas no Instagram