Setembro de 1988, que mundo iria encontrar?

Tá vendo esse print aí acima na arte de abertura? Zero hora e quarenta e três minutos… Do dia 24 de setembro de 1988. O dia em que eu nasci. E o que aconteceu quase oito horas antes de vir até aqui, nesse Planeta Terra que eu não sabia o que descobriria?

Em 24 de setembro de 2013, completei 25 anos (hoje tenho 32) e quis na ocasião relembrar fatos que aconteceram na ocasião do meu nascimento em 1988, uma vez que naquele momento o Brasil estava prestes a ganhar uma nova Constituição – seria promulgada dez dias depois – e os Jogos Olímpicos de Seul completavam uma semana, jogos esses que por conta do fuso horário, eram exibidos praticamente de madrugada. Tal como será a Olimpíada de Tóquio que seria esse ano e não foi por conta da pandemia da COVID-19. Vai ser só ano que vem.

Foi justamente naquele 24 de setembro que começou aquele que seria um dos maiores escândalos de doping da história olímpica; foi o dia que Ben Johnson conquistou a medalha de ouro com recorde mundial dos 100 metros rasos, mas dias depois a medalha foi cassada pela descoberta do doping.

Na ocasião, pesquisei tudo no Google, Wikipedia e outras fontes, até procurei algo no YouTube mas não achei nada na época. Todas essas artes que eu fiz naquela época – lá se vão sete anos – estão reunidas neste post no Instagram, porque eu quis fazer algo diferente na série dos Clássicos do blog:

Por falar nisso, já me segue no Instagram? Ou você pode ir ao post aí em cima, ou pode clicar aqui. Tem muitas outras coisas que compartilho por lá que trago para cá.

Ah, a televisão…

Até que essa semana, sem nem imaginar, descobri entre tantos vídeos antigos que gosto de assistir que um canal de vídeos antigos no YouTube – Tudo Está Voltando – postou uma gravação VHS de um Jornal da Globo completo de 23 de setembro de 1988, uma sexta-feira, repercutindo parte desses assuntos citados acima. Esse vídeo foi postado pelo canal em julho, mas eu só fui descobrir agora.

Então ok, todo mundo sabe que o Jornal da Globo é exibido até hoje no início da madrugada, e naquela época havia um relógio indicando a hora certa antes do jornal começar. Ele indicava 00:43, ou seja, já era 24 de setembro. Eu nasci às 9:20 da manhã do sábado.

Logo, antes de eu nascer, esses eram os fatos. E as pérolas da década de 1980.

Parte desses fatos é relembrada nessa série de posts, e tudo isso sem imaginar a existência do vídeo. Seguem os links:

32 anos depois, o mundo mudou e olha, enfrentei de tudo na vida, os tempos tranquilos e os tempos difíceis. E hoje estou até enfrentando até uma pandemia! 32 anos depois, tô aqui na luta, no caos, na história. Que história vou construir e vou deixar? Eu talvez ainda não saiba, mas ainda estou construindo.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *