Image

E quando você percebe, não tem mais volta, você se envolve

A melhor maneira de fazer uma coisa nova é praticar. Praticar muito. Praticar até não querer mais. Ou melhor dizendo, […]

A melhor maneira de fazer uma coisa nova é praticar. Praticar muito. Praticar até não querer mais. Ou melhor dizendo, até cansar, abusar… E quando eu quero é assim. E é assim que tô começando a desapegar dos títulos em caixa alta.

Em uma redação comum não é assim. Não leio assim. Percebi que eu estava gritando, não poderia! Mas tô mais comedido e disposto a manter o foco e o exercício daquilo que quero para mim. Sem medo de nada. E para quê teria medo?

É nesse momento que você percebe que tudo deu certo, e não quer desapegar mais do que deu certo. Você gostou. Você sentiu prazer. E quando percebe, não tem mais volta, você se envolve completamente com o que você faz.

Vai lá, faz! Faz sem medo. Faz que tudo dá certo. Faz que você se acostuma com o resultado. E quando você percebe, deu certo!

Tudo dá certo. Tudo vai dar certo. É só manter a calma e a confiança. No meio de tantos, você consegue se destacar, sim. Porque você pode.

E você consegue.


Receba os posts do site em seu e-mail!

Toda vez que um post for publicado no site, você irá receber na hora.

Antes de deixar o seu comentário, leia a Política de Comentários do site.

Luneta Sonora

Um podcast sobre tudo e o nada ao mesmo tempo.
  1. Luneta Sonora 127: Sério que eu esqueci dos três anos do podcast?
  2. Luneta Sonora 126: Se eu esqueci de alguma coisa, eu não me lembro
  3. Luneta Sonora 125: Como eu esqueci de oito desenhos?
  4. Luneta Sonora 124: Que legenda este episódio merece?
  5. Luneta Sonora 123: A velha rotina está de volta
  6. Luneta Sonora 122: Nunca pode ser tarde, mas tem sido tarde

Assine A Luneta

Receba os posts do site em uma newsletter enviada às segundas, quartas e sextas, às 8 da manhã.