Image

#ContentTalks: A mãozinha da inteligência artificial

Como a inteligência artificial aos poucos vai revolucionando o conceito de produtividade de trabalho? Ela agora passa a ser melhor utilizada aqui no site.

A assistente de IA explica:

  • O autor aborda a experiência dele ao utilizar a inteligência artificial em suas atividades diárias.
  • Ele descreve como incorporou perguntas geradas pelo ChatGPT ao tema diário do seu site.
  • Apesar de alguma hesitação inicial, ele explorou e aproveitou cada vez mais as possibilidades da IA.
  • Além do ChatGPT, ele utilizou ferramentas como DALL-E e Canva para criar arte de forma automatizada.
  • Com o auxílio do ChatGPT, o autor agora conta com a geração automática dos temas diários do seu site.
  • Essa mudança permitiu maior eficiência na organização dos posts, evitando atrasos nos agendamentos.
  • Com os temas já definidos, ele tem mais tempo para se dedicar às respostas e elaborar um conteúdo de qualidade.
  • O autor acredita que a inteligência artificial pode ser uma ferramenta valiosa para melhorar significativamente a produtividade.
  • Ele está comprometido em manter o site atualizado regularmente, aproveitando as vantagens oferecidas pela IA.

Tá vendo esse resumo acima? Pedi para a assistente de IA resumir o texto que eu acabei de escrever em bullet points, ou seja, em tópicos para que o leitor entenda de uma maneira mais precisa e objetiva o que ele vai encontrar aqui ao longo deste texto que eu comecei nem lembro quando, porque eu comecei num momento em que o ChatGPT estava muito falado, e terminou agora que eu estou usando o próprio para gerar prompts para o “Conhecendo Você“, o antigo Daily Prompt.

A inteligência artificial vai e vem como moda e como tendência, afinal ninguém sabe ainda qual a fórmula perfeita para que ela não pareça justamente como o nome diz, artificial. E todo mundo tem falado sobre essa ferramenta, até que eu pedi uma mãozinha da inteligência artificial para fazer um quadro do site e o resumo deste #ContentTalks acima, feito com o assistente de IA do Jetpack, entendendo com ela própria o segredo do seu sucesso.

E não é que eu fiz realmente perguntas para o ChatGPT? Ontem eu remodelei a proposta do antigo Daily Prompt em um novo tema de perguntas para o primeiro post diário do site, onde a IA pergunta e eu faço as respostas. Em vez de usar as perguntas do Jetpack, passei a pedir sete perguntas ao ChatGPT. O nome do tema, “Conhecendo Você”, veio da expressão “Getting to Know You”, que foi automaticamente preenchida pelo ChatGPT ao intitular a janela da pergunta.

Eu criei uma conta na OpenAI no dia 10 de fevereiro – a mesma conta serve para o ChatGPT e o DALL-E. Mas eu confesso que fiquei um pouquinho receoso de fazer algumas perguntas e fiz umas poucas, aparentemente parecia que não poderia me ajudar no meu fluxo de trabalho. Mas o tempo passou e eu fui testando alternativas. E me rendendo aos pouquinhos.

Eu sei, eu sei, essas coisas assustam de início, mas logo elas se tornam parte do seu cotidiano e de seu fluxo de trabalho. Todo começo de alguma coisa assusta, até lançar um blog assustou, que dirá os recursos de inteligência artificial sendo usadas de uma forma mais avançada como essas de hoje? A gente começa devagar antes de ir dominando-a.

Antes de fazer sugestões de texto de uma forma mais intensiva, eu fiz artes com o uso de inteligência artificial através de ferramentas como o DALL-E (mesma conta do ChatGPT) e um implemento parecido que o Canva disponibilizou como uma de suas ferramentas de design. Foi ela que gerou essas coisas todas aí através de prompts (sugestões) que eu sugeri a inteligência artificial.

Depois, veio a janelinha “A assistente de IA explica”, que aparece em alguns textos do site. Agora, é a vez do tema diário do site, agora chamado “Conhecendo Você”, ter prompts gerados por inteligência artificial. Até então geradas pelo Jetpack (que gerava a mesma pergunta a vários usuários), os temas agora são gerados pelo ChatGPT, sem descartar o uso de outros assistentes como o recém-lançado no Brasil Google Bard.

Como eu solicito sete temas para a semana, isso permite criar sete rascunhos, e eu vou respondendo as perguntas com um pouco mais de tempo e não somente uma a cada dia. O que tem que ser diário é o post, não a concepção, que pode ser dedicada em determinadas horas do dia, até para lembrar que quem precisa estar ativo é o site e as redes sociais.

Inclusive, era esse tema que “travava” a produtividade dos agendamentos dos posts. Depois de feito o quarto post do dia, não tinha como andar os demais até que o até então chamado “Daily Prompt” estivesse pronto, para aí sim os outros três posts diários andarem. Agora isso pode ser feito de uma forma mais acelerada. Um dia para colocar os posts no ar significa um dia para elaborar os posts dos outros dias.

Esse novo modelo do tema é tão produtivo que o carrossel de mídia social do “Conhecendo Você” já fica pronto antes da concepção dos textos, no que até então seguia o mesmo esquema do carrossel da semana na Luneta, que é atualizado a cada dia dos destaques. Com as sete perguntas da semana disponíveis, eu tenho mais tempo para elaborar as respostas.

E assim vai ser no próximo post. Que vai entrar no ar quando os dos próximos dias estiverem já prontos.

Desse modo, eu comprovo aquela tese de que realmente a inteligência artificial, se bem utilizada, pode melhorar de forma significativa a produtividade do seu trabalho. E se ela está à disposição, cá estamos para utilizá-la, afinal, ela é o futuro e quem não se atualiza, de fato fica para trás, e ficar para trás é uma coisa que jamais vou fazer.

E aos poucos, o trabalho aqui vai ficando mais leve, por mais pesado que pareça escrevendo quatro posts por dia. Mas tô aqui, fazendo as minhas atividades e otimizando da melhor maneira possível, afinal, a minha meta é atravessar o ano tendo atualizado o site regularmente.

E eu vou conseguindo.


Receba os posts do site em seu e-mail!

Toda vez que um post for publicado no site, você irá receber na hora.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Antes de deixar o seu comentário, leia a Política de Comentários do site.

Luneta Sonora

Um podcast sobre tudo e o nada ao mesmo tempo.
  1. Luneta Sonora 127: Sério que eu esqueci dos três anos do podcast?
  2. Luneta Sonora 126: Se eu esqueci de alguma coisa, eu não me lembro
  3. Luneta Sonora 125: Como eu esqueci de oito desenhos?
  4. Luneta Sonora 124: Que legenda este episódio merece?
  5. Luneta Sonora 123: A velha rotina está de volta
  6. Luneta Sonora 122: Nunca pode ser tarde, mas tem sido tarde

Assine A Luneta

Receba os posts do site em uma newsletter enviada às segundas, quartas e sextas, às 8 da manhã.