Nem todo anoitecer é igual na varanda

Cada anoitecer é único. Nenhum é igual ao outro. Não importa o dia, o tempo…

…E a visão que tenho daqui de casa, todos os dias, enquanto a noite vem, nem tão rápido, nem tão devagar.

Imagem do céu ao anoitecer, poste com fios elétricos e de telefone com a luz acesa, ao fundo os telhados das casas da rua. Fim da descrição.

Hoje parece só mais uma noite de Lua Crescente? Parece.

E lá está ela para mostrar que não. O brilho para muitos parece o mesmo.

Mas o seu brilho é único. Para quem a nota. Para quem a percebe.

E está ali, para quem quiser apreciá-lo.

Imagem do céu na hora do anoitecer, com a Lua Crescente ao fundo e um poste com fios elétricos e de telefone com a luz acesa. Fim da descrição.

Único, ainda que contraste com a luz do poste.

Mas o brilho do luar ainda há de se destacar em meio as luzes que se acendem.

Como em todo anoitecer. Um anoitecer sempre diferente do outro.

Assim tem sido os meus dias. Prestando atenção em cada detalhe.

Compartilhe este post