Image

A CONSTITUIÇÃO DA LAMPADINHA- PARTE 1: APRESENTAÇÃO

Vamos chamar o que vamos fazer nessa série de constituição, pois é um conjunto de regras que determina a ordem e a organização de algo ou alguma coisa. Mas esse na realidade é um manual de identidade, ...
, , , , , , ,

Vamos chamar o que vamos fazer nessa série de constituição, pois é um conjunto de regras que determina a ordem e a organização de algo ou alguma coisa. Mas esse na realidade é um manual de identidade, ou como quiser chamar, manual de marca. A lampadinha, símbolo do blog, da Companhia Ideias, da Menina dos Sonhos e afins, precisava disso. E resolvemos aproveitar mais uma tarefa da disciplina de Design Gráfico para colocar as coisas no lugar. E a ordem na casa.

Nessa série sobre o manual de identidade da Companhia Ideias, vamos mostrar as medições da marca, aplicações, cores, uso em materiais, enfim, nossa lampadinha será usada como parâmetro de organização de uso correto de uma marca. Uma ótima pedida para você que gostaria também de fazer o seu manual de identidade com a marca que você criou, caso ainda não a tenha.

A marca da Companhia Ideias. Nessa série, vamos definir a identidade dela em um manual.

Vamos começar definindo um conceito para este logotipo. Porque a lampadinha? No post “Lampadinha” (onde esse logotipo apareceu pela primeira vez no blog), isso estava bem claro:

Quando você ouve alguém dizer que teve uma ideia, logo lhe vem a cabeça ela, a lâmpada. É a primeira coisa que você encontra no Google Imagens quando digita a palavra ideia.

Para chegar numa lâmpada como logotipo do blog, pensei em três coisas: o conceito do blog (trazer sempre novas ideias), o fato de ser um estudante de Publicidade e Propaganda (uma carreira que vive de ideias) e principalmente, ser sempre feliz e pensar na felicidade das pessoas. Por isso uma carinha na lâmpada.

No nosso manual de identidade redefinimos esse conceito. Mas sem perder em nada do que foi escrito no post. A definição escrita no manual de identidade para a marca da Companhia Ideias foi esta (é um resumo porque o negócio é muito longo):

A lâmpada significa a ação da ideia. O desenho em linha simples, sem relevos, representa a simplicidade dessa ideia, uma coisa que não precisa ser muito elaborada para ser uma grande ideia. O sorriso dentro dela (a carinha) representa a satisfação da Companhia Ideias em fazer o que gosta: criar soluções que possam ser funcionais e marcantes ao mesmo tempo.

Além disso, apesar da marca da Companhia Ideias ter um padrão institucional, ela é maleável. A intenção do logotipo é adaptar-se ao ambiente, deixando-o com mil possibilidades de combinações de cores. Ela nunca será a mesma coisa.

Pronto, assim definimos o conceito do logotipo e para quê ele se aplica. E principalmente porque ele foi escolhido. Esse é o primeiro passo fundamental para começarmos o manual de identidade da Companhia Ideias. E de qualquer marca.

Aguarde portanto os próximos posts e veja como nós iremos organizar a lampadinha e todos os símbolos e aplicações a ela relacionadas, assim elaborando o Manual de Identidade da Companhia Ideias. A série terá ao todo cinco posts a começar por este.

Receba os posts do site em seu e-mail!

Toda vez que um post for publicado no site, você irá receber na hora.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Antes de deixar o seu comentário, leia a Política de Comentários do site.

Luneta Sonora

Um podcast sobre tudo e o nada ao mesmo tempo.
  1. Luneta Sonora 115: Planos de patrocínio e assinatura do site
  2. Luneta Sonora 114: Dezembro na área, planos em prática
  3. Luneta Sonora 113: Afinal de contas, planos são planos
  4. Luneta Sonora 112: Recados rápidos antes que novembro passe
  5. Luneta Sonora 111: O sorteio das cores
  6. Luneta Sonora 110: Novas séries de arte no ar

Assine A Luneta

Receba os posts do site em uma newsletter enviada às segundas, quartas e sextas, às 8 da manhã.

Clássicos da Luneta

Posts de anos anteriores para relembrar.