VÉSPERA DE FERIADO

Todo dia 20 é um dia para lembrar o que foi que fiz para que a única figura da barra lateral até agora (a carinha das imagens e mensagens) se direcionasse para uma das minhas melhores matérias (entenda por que aqui). Mas, hoje, foi um dia bem diferente. Foi véspera de feriado, ponto facultativo para mim, aluno de escola estadual, mas para os estudantes da rede municipal, embora não pareça por conta da véspera de feriado, o motivo foi outro: hoje foi dia de paralisação de advertência, por conta de uma campanha salarial de professores da Prefeitura de João Pessoa. Certamente, se você for um aluno da rede municipal e por um acaso estiver lendo esta matéria, saiba que você ficou em casa por conta disso.
Essa é a semana mais curta em se tratando de dias de aula. Naturalmente seria no período carnavalesco, quando você está de folga na segunda, na terça e na quarta-feira de cinzas, e retornaria nos dois dias seguintes, o que no meu caso, bem, como talvez alguns se lembrem, não aconteceu.
De acordo com o calendário dos dias parados de abril, aquele que fiz na postagem “Semanas incompletas” segunda 20, terça 21 e sexta 24 serão dias de folga por conta das seguintes razões, só no colorido do calendário:

· Ponto facultativo (e por que muita gente costuma esticar o feriado mesmo);
· Feriado de Tiradentes (amanhã lhes explico o porquê desse feriado);
· Paralisação de professores (pedem a aplicação do piso nacional da categoria).

E para quem adora um dia de folga, o próximo feriado não está muito longe; é na sexta-feira da semana que vem, 1º de maio, o Dia do Trabalho. Nunca os fins de semana duraram três dias como nesse mês de abril (pelo menos para mim). Ou seja, semana completa mesmo, só daqui a duas semanas.

Compartilhe este post