TOP 5 DO BLOG: ISSO FOI 2016

Todos os anos, o Blog Josivandro Avelar faz um Top 5 dos melhores momentos que aconteceram por aqui a cada ano que está terminando. E com 2016 não será diferente.

São sempre os cinco posts – ou grupo de posts – que marcaram o ano de 2016 no Blog Josivandro Avelar, um ano que começou à toda velocidade, com grandes coberturas fotográficas e boas histórias para contar. A ansiedade incomodou? Incomodou. Mas não tanto o suficiente para que eu desanimasse.

Além das visualizações individuais e de grupo, também está sendo considerado nesse Top 5 a relevância de cada fato, uma vez que a maioria dos posts mais visualizados do ano tem sido de posts publicados em anos anteriores. E como sempre costumo dizer em cada top 5 do blog, a contagem é de trás para frente.

5º lugar: Pilar de #48folhas (Pilar de #48folhas, 23 de maio)

“Nenhuma folha arrancada, nenhum post fora do ar”. Quantas vezes tive que repetir essa frase neste blog?

Este é o que eu chamo de “Pilar de #48folhas”. E a frase foi lançada aí, justamente quando uma crise de ansiedade atingiu minha produtividade, até mesmo no blog. Lutei como sempre lutei.

E aí está o pilar como lembrança de mais uma luta que venci. Ele é baseado justamente nos cadernos de 48 e 96 folhas, mas os de 48 sempre ficam marcados e por isso o pilar é de #48folhas.

4º lugar: Adoção dos Instant Articles (Olho no raio, 12 de maio)

No início de abril, o Facebook liberou aos produtores de conteúdo os Instant Articles. Por meio desse recurso, as páginas da internet carregam 10 vezes mais rápido no aplicativo do Facebook, que recebe um feed desse conteúdo para adaptá-lo as condições da Internet de cada usuário.

Grandes produtores de conteúdo já adaptaram seus sites ao Instant Articles do Facebook. BBC News, New York Times, El País usam Instant Articles. G1, R7, Exame, Esporte Interativo também.

O Blog Josivandro Avelar foi praticamente a primeira página de internet paraibana a adaptar seu conteúdo para Instant Articles. O primeiro conteúdo foi ao ar no dia 12 de maio. Até aqui, nenhuma página paraibana que eu conheça fez isso. A próxima página paraibana a usar o recurso, pelo visto, deve ser a versão paraibana do G1; as versões paulista, carioca, brasiliense, pernambucana e mineira, além de outras editorias do site de notícias da Globo, trocaram o CMS – é o que me parece visualmente – e este está plenamente adaptado ao recurso.

3º lugar: A inauguração das linhas do Mangabeira Shopping (Duas voltas nas novas linhas do Mangabeira Shopping, 1º de maio)

Esse post exigiu mais do que escrita, ação. E mais que ação, aventura.

No dia 1º de maio, foram implantadas as linhas 9901 e 9902, que ligam o Mangabeira Shopping ao Valentina. O que eu quis fazer? Dar duas voltas nas linhas, uma em cada. E fiz isso em plena tarde chuvosa.

Para esta volta, gastei apenas duas passagens andando em quatro ônibus – os das linhas mais os da ida e volta para casa. Interagi com motoristas e passageiros que conheciam a linha a partir daí. E eles aprovaram a iniciativa.

Para este post foram feitos mapas interativos, os quais também foram publicados no Portal Ônibus Paraibanos. Ainda falando em Instant Articles, este foi o primeiro post do Blog Josivandro Avelar publicado no formato. Sobre as linhas, elas passaram por pequenas modificações nos itinerários, e possuem boa demanda de passageiros.

2º lugar: A lista de desejos do Blog Josivandro Avelar (categoria lista de desejos, setembro e outubro)

O Blog Josivandro Avelar é baseado no bairro do Rangel, Zona Oeste de João Pessoa. O bairro fica à menos de 3 km do Centro da cidade, mas não parece ser bem cuidado como deveria. Nem o vizinho bairro do Cristo; moro à 100 metros do limite do bairro.

Feira desestruturada, mobilidade péssima, problemas, problemas, problemas. No embalo do período eleitoral, fiz três listas com desejos que gostaria de ver realizados nos bairros onde moro. A ideia é que as listas sejam monitoradas até 2020, ano da próxima eleição municipal, para saber se até lá todos ou a maior parte dos desejos da lista foram realizados. Enquanto isso, posts vão sendo escritos acompanhando esse período de tempo (categoria ilustrando a lista).

Já começou a valer desde que escrevi. E ó, tô de olho.

1º lugar: O fechamento do anel interno da Lagoa (categoria 14:27, 23 de janeiro à 2 de fevereiro)

O ano de 2016 começou logo de cara com uma cobertura histórica: o fechamento do anel interno da Lagoa do Parque Solon de Lucena. Aquele 23 de janeiro marcaria o fim do tráfego no anel interno, do modo que estávamos acostumados desde crianças, principalmente nós que nascemos na capital paraibana.

A pergunta: quem iria ver a história diante de seus olhos? Não perdi a oportunidade e lá fui eu ver exatamente isso: a história.

Fiz mais de 400 fotos na cobertura do fechamento do anel interno da Lagoa. O fechamento estava marcado para às 13 horas, mas só às 14:27 daquele 23 de janeiro os cones foram colocados no anel interno, fechando para sempre o anel interno da Lagoa. Um momento histórico, sem dúvidas, foi a fotografia do último ônibus a por lá passar.

Ao mesmo tempo, foram registradas a Lagoa vazia e os primeiros momentos das novas paradas, as quais a população ainda estava se adaptando à novidade.

Quase cinco meses depois do fechamento do anel interno, o agora Parque da Lagoa foi entregue à população, tornando-se o que deveria ter sido há muito tempo: uma área de lazer e convivência, a contemplação da própria cidade em si.

E dessa ocasião também fiz uma grande cobertura fotográfica, a qual ainda não foi completamente postada no blog, mas na medida que a ocasião pedir, assim o faço.

Posso dizer e contar essa história às próximas gerações: eu vi o anel interno da Lagoa ser fechado diante dos meus olhos. E ainda conto com essas fotos de lá do Parque da Lagoa se quiser.

2016 foi um ano onde contei histórias, fiz histórias e compartilhei histórias. E é isso que quero continuar fazendo em 2017, com planos, ideias e sonhos a serem realizados, e com muita coisa na bagagem para poder contar.

Que daqui para frente eu possa melhorar ainda mais, para poder contar outras histórias tão marcantes o suficiente para que possam estar no Top 5 de 2017. Desde já fique imaginando: o que iremos contar de histórias do ano que virá?

Que elas sejam produtivas, edificantes e inspiradoras. Que sejam inesquecíveis. Que fiquem na lembrança e na memória. Mas para isso, é preciso esforço e dedicação para que essas histórias sejam contadas da melhor maneira possível.

Sem crise, sem ansiedade, sem TOC, sem desanimar. E com a cabeça no lugar, afinal foi assim que consegui lutar e construir cada história que contei nesses oito anos de blog.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

100 histórias A mudança das cores do WhatsApp Como usar o WhatsApp em múltiplos aparelhos Celulares onde o WhatsApp vai parar de funcionar Como funciona a verificação de contas no Instagram Como aparecer na pesquisa do Instagram Lista Telefônica é da sua época? Onde o WhatsApp vai parar de funcionar O Instagram bugou de novo! Ouvindo áudio antes de postar no WhatsApp Web Política de privacidade do WhatsApp ajustada para o Brasil Instagram dá fim ao “arrasta para cima”