SANFONAS NA TERRA DO FORRÓ

No início dos anos 1990 a cidade parou para assistir, na frente do Palácio da Redenção, a entrega dos ônibus da Setusa. Quando eles rodavam, já causavam comentários e barulho (tanto no quesito repercussão quanto no motor) na cidade. Foi  até tema de música.

No mesmo período vários ônibus fizeram história em várias outras empresas: os carros longos e de três portas da Transnacional, os ônibus das extintas empresas Etur, Transurb e Boa Vista, entre outros. Bons tempos aqueles da infância…

Mas aos poucos as empresas foram aumentando o tamanho dos seus carros à medida que a cidade ia crescendo. Antigamente os ônibus da cidade de João Pessoa tinham a capacidade limitada de 42 passageiros sentados, que subiram para 47, depois para 49, mais tarde 54, regrediu para 49, subiu para 53 e hoje, com a lei de acessibilidade, com o espaço destinado aos cadeirantes, os ônibus de hoje comportam 47 passageiros em carroceria padrão. Isso sem contar com os trucados (veículos com um eixo na frente e dois atrás, que deixam o carro mais longo), que começaram a aparecer em 2005, com capacidades que variam de 59 a 61 passageiros sentados.

Até que a cidade de João Pessoa finalmente ganha seu primeiro ônibus articulado (veja aqui e mate sua curiosidade). Um não, três. E isso é notícia do passado ou mera fantasia? Não! É a realidade, e eles acabaram de chegar. Estarão em circulação nos próximos dias. Os ônibus foram adquiridos pela empresa Transnacional, e deverão ser direcionados para linhas que tenham o itinerário em vias largas e com curvas que possibilitem a manobra desses carros. Um exemplo de uma linha com essas condições seria a linha 301-Mangabeira-Pedro II, que além de atender a esses requisitos é uma das linhas com mais alta demanda da cidade. Cidades como Recife (não é para menos, tem pelo menos 1 milhão de habitantes) já possuem veículos desse tipo. E essa é a tendência ao longo do tempo: dos ônibus aumentarem de capacidade. Investimento necessário para que o pessoense use mais o transporte público.

Quando falamos do primeiro boato, ano passado, pois essa compra já era planejada provavelmente, falamos sobre essa possibilidade de João Pessoa comportar ônibus articulados. Chegou a se supor que esse seria um sonho impossível. Mas acreditamos, e encerramos aquele post com essa frase:

Se não foi dessa vez, não irá demorar para que o sonho dos articulados se realize, para o bem da mobilidade da cidade. Até porque uma hora o transporte público de João Pessoa irá precisar desses ônibus.

Último parágrafo da postagem Os Articulados: uma história que rendeu conversa, publicada em julho de 2009 neste blog

E o sonho não só se realizou como a cidade estava mesmo precisando deles. Quanto a questão de se um ônibus desse tipo cabe ou não nas ruas de João Pessoa, já ficou comprovado que sim, disso não tivemos dúvidas. Eles foram vistos em vários locais da cidade em regime de teste. E os motoristas que irão conduzir esses carros foram habilitados a categoria E (categoria das carretas, para ônibus normais a categoria é D).

Os três veículos articulados serão entregues à população junto com outros 30 ônibus normais nesta terça-feira, 19 de janeiro, às 8 horas, na Estação Ciência Cabo Branco. Todos os 33 ônibus, incluindo os articulados, possuem adaptação para portadores de necessidades especiais.

Eis que as sanfonas começam a aparecer nas ruas de João Pessoa. E certamente um ônibus nunca chamou tanta atenção desde a época dos Setusas dos anos 1990. Agora é esperar para ver eles rodando nas ruas da cidade.

Compartilhe este post