Image

O que começou com uma falha, continua como história

Como uma falha, ou aparente falha, preparou você para o sucesso no futuro?

Como uma falha, ou aparente falha, preparou você para o sucesso no futuro?

A minha falha foi ter um ensino irregular na época do fundamental. Aliás, já começou falhando com a tentativa estranha até hoje para mim de ter feito a primeira série só seis meses (lembrando, no ano anterior tinha feito alfabetização) e depois das férias de julho ter pulado para a segunda série. Deu errado, “repeti” de ano. Ou não: agora sim conseguia fazer a segunda série completa.

Estudei ininterruptamente até a terceira série, fiquei um ano sem estudar, no ano seguinte fiz a quarta série, um ano depois… Fiquei sem estudar de novo! Mas calma, foi só mais um ano.

Essas intermitências aconteceram porque a minha mãe teve dificuldade de encontrar bolsas de escolas privadas, quando conseguia era meia bolsa e sabe como é. Mas no ano seguinte a esse segundo ano que eu fiquei sem estudar, enfim ela me colocou em uma escola pública, e daí não parei mais.

O período da quinta até a oitava série eu passei na Escola Municipal Santa Ângela, no Cristo Redentor. Na época a escola estava inaugurando o próprio prédio – era uma antiga escola particular que teve o prédio adquirido pela Prefeitura de João Pessoa em 2002, e a escola funcionava em outro prédio. Esse prédio atual da escola inclusive está em reforma (interminável).

No meio do caminho fiz cursos de desenho e pintura no Centro Estadual de Arte. É daí que surgiram as inspirações de todo o projeto de artes, bem como das coisas que pretendo retomar um dia.

Depois de sair do Santa Ângela, fiz o ensino médio no Lyceu Paraibano, no Centro de João Pessoa, e seis meses depois de terminar o ensino médio, fiz a faculdade de Comunicação Social no Uniesp (na época era IESP), na vizinha Cabedelo. E nessas voltas e arrodeios, estou aqui.

Este site nasceu quando eu estudava no Lyceu. Se aperfeiçoou quando eu fiz faculdade. O último trabalho de faculdade que eu fiz, tirando o TCC, foi o vídeo da série #48folhas que eu pedi para fazer individualmente (é o vídeo que aparece na página “Sobre mim”). Desse primeiro caderno vieram todos os outros.

A agenda do site é inspirada nas regras de horários de aula que eu seguia em ambos, principalmente no Lyceu, em que os horários eram irregulares nas primeiras semanas e depois de um mês se estabilizavam. E na faculdade já era fixo. E eu levei esse conceito para cá.

A falha foi não ter tido um ensino fundamental tranquilo, ter começado da alfabetização (duas escolas em um ano), a tentativa de “pulo do gato” da primeira para a segunda série e os dois anos perdidos, para no fim tudo se estabilizar como deveria ser, na escola pública.

E veja quantas coisas eu levei dessa vida escolar cheia de adrenalina para cá. Porque agora eu sigo as regras que eu determino. E é assim que eu levo a vida, corrigindo a rota quando necessário, continuando a minha missão de contar e registrar histórias.


Uma pergunta sugerida pelo Daily Prompt do Jetpack: diariamente, toda vez que eu abro o app ou a sugestão de escrita diária, o Daily Prompt me sugere um tema. Siga-me no Instagram, no TikTok e nas demais mídias sociais.


Receba os posts do site em seu e-mail!

Toda vez que um post for publicado no site, você irá receber na hora.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Antes de deixar o seu comentário, leia a Política de Comentários do site.

Assine A Luneta

Receba os posts do site em uma newsletter enviada às segundas, quartas e sextas, às 8 da manhã.