Image

Inspirado nas madrugadas

Como você se inspira nas madrugadas e existe alguma limitação que faz com que você trabalhe menos do que gostaria nessa hora?

Como você se inspira nas madrugadas e existe alguma limitação que faz com que você trabalhe menos do que gostaria nessa hora?

Pergunta feita por este editor

As madrugadas me inspiram pelo silêncio, pela calma mais calma do que a calma da noite propriamente dita, por realizar o que eu quero realizar sem incômodos. De todos os momentos do dia que eu realizo as coisas que eu quero realizar, talvez seja nas madrugadas que eu me inspire mais ou que eu esteja mais inspirado. Em vários momentos, eu deixei o meu trabalho varar a madrugada, seja por inspiração, seja por não conseguir concluir as tarefas em tempo hábil em um dia. Como agora, nessa madrugada de segunda para terça-feira.

E mesmo que eu termine o dia de trabalho no dia seguinte, literalmente, a madrugada não deixa de ser inspiradora só por causa disso. Afinal, é nesse momento que eu sonho quando as outras pessoas literalmente sonham. Dizem que sonhar é de graça, não é? Mas de vez em quando eu sonho acordado, e que mal há em sonhar acordado quando o mundo muitas vezes não traz a inspiração que você gostaria de ter, e você quer encontrar isso no seu próprio mundo?

Mas apesar de me inspirar nas madrugadas para realizar os meus trabalhos, sinto que enfrento limitações para poder trabalhar em pelo menos uma madrugada perdida. Uma das minhas limitações para que eu trabalhe menos do que eu gostaria é que eu ainda divido o quarto aqui em casa com meu irmão. Se eu tivesse um quarto próprio, um ambiente próprio, talvez eu pudesse fazer bem mais do que eu gostaria. Mas eu me sinto limitado nesse momento.

Eu espero poder conquistar um espaço melhor nos próximos anos. Mas para isso, eu sei que eu preciso trabalhar. E eu sei que eu preciso me esforçar bastante, aprender sobre novas técnicas, oferecer os meus serviços, enfim, o que eu mais quero é poder trabalhar com a minha inspiração e ser inspiração para outras pessoas, afinal, não sou só eu que trabalho até altas horas, na minha casa, com a liberdade de quem pode dormir e acordar a qualquer hora da manhã, sem estar preso a horários, e olha que eu tenho um rádio relógio, mais relógio do que rádio, aqui do meu lado.

Pois bem, é por isso que as madrugadas inspiram. Não para menos, quis colocar no ar este post exatamente em uma madrugada, para ajudar você a se inspirar se você acabou de receber o post agora. Eu sei que o tema da semana é sobre a noite e queria tratar sobre isso com amplitude, para que as pessoas entendam em um contexto mais amplo antes de ser mais específico. Mas eu prometo desde já que eu vou dedicar outra semana a responder perguntas especificamente sobre as madrugadas.

Se você está lendo este post de madrugada, não necessariamente nessa madrugada que o post entrou no ar, mas em qualquer madrugada do momento da publicação deste post em diante, eu espero que você tenha se identificado um pouco com esse momento, e com o meu trabalho. Afinal, estamos aqui, sonhando enquanto as pessoas sonham, mas de uma forma diferente, acordados, trabalhando, para entregar o melhor possível para quando as pessoas acordarem.

Este é o tema “Conhecendo Você”, o primeiro post do dia no Site Josivandro Avelar, com perguntas que eu respondo sobre temas de autoconhecimento e cotidiano. Inicialmente elaboradas por inteligência artificial, as perguntas passaram a ser elaboradas por mim e pelo público através dos canais de contato e redes sociais.

Quer me conhecer melhor? Siga-me nas redes sociais abaixo:


Receba os posts do site em seu e-mail!

Toda vez que um post for publicado no site, você irá receber na hora.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Antes de deixar o seu comentário, leia a Política de Comentários do site.

Assine A Luneta

Receba os posts do site em uma newsletter enviada às segundas, quartas e sextas, às 8 da manhã.