Artes digitais: uma rosa, sempre uma rosa

Na série de artes digitais de hoje, uma rosa, sempre uma rosa.
,

A semana de artes digitais continua neste dia 8 de março com uma rosa, sempre uma rosa, de tantas que eu já fiz de todos os jeitos e técnicas, sejam elas nas artes digitais como esta, sejam elas nas artes físicas, e que são uma das propostas mais atemporais que eu faço por aqui.

Esse desenho foi feito no tablet, mas no Sketchbook, que uso quando me der na telha. Mas eu uso, e bem, eu gosto muito dos resultados dos desenhos que saem desse aplicativo. Que também ficam em tamanho maior no tablet do mesmo jeito do Ibis Paint. Sim, eu acho que nunca acredito que isso aconteça, mas acontece.

Uma rosa sempre será uma rosa. Agora sim, com a readequação da imagem: geralmente para celular uso 75% do tamanho original, mas no caso do tablet, pelo tamanho da tela, passei a usar 50% tanto para esse desenho, quanto para o anterior, quanto para os que vierem. Assim elas ficam do mesmo tamanho para quem ver.

Aliás eu tinha usado esse parâmetro nos desenhos de Natal e Ano Novo. Só esqueci mesmo.

Uma rosa, sempre uma rosa.

O vídeo do desenho de hoje já está no canal do YouTube, no TikTok e no Kwai, além do Instagram, em vídeo e imagem, que também está nas demais redes sociais.

A série de artes digitais volta amanhã, com mais algum desenho feito no celular ou no tablet, e sem informações complementares que eu tenha esquecido de colocar no dia em que o post foi ao ar.

Como eu dizia, são coisas que acontecem. E a gente não tem controle. Simplesmente acontecem.


Receba os posts do site em seu e-mail!

Toda vez que um post for publicado no site, você irá receber na hora.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Antes de deixar o seu comentário, leia a Política de Comentários do site.

Assine A Luneta

Receba os posts do site em uma newsletter enviada às segundas, quartas e sextas, às 8 da manhã.

Clássicos da Luneta

Posts de anos anteriores para relembrar.