Image

Meu “eu” mais jovem

Imagine que você pode ter uma conversa com o "eu" mais jovem. Que conselho ou insight você compartilharia?

Imagine que você pode ter uma conversa com o “eu” mais jovem. Que conselho ou insight você compartilharia?

O meu “eu” mais jovem vive dentro de mim e eu posso provar. Ele me dá um monte de dicas de coisas que viveu que a gente pode reviver, e outras que ele talvez tenha se arrependido de viver e não quer que eu viva mais para me preservar. E ele me dá conselhos também.

Das coisas que a gente viveu, a gente não se arrepende. E o conselho que ele me dá é justamente esse.

A gente vive, acumula experiências, faz um monte de coisas e de outras se arrepende. Mas das coisas que a gente fez e não faz mais, não precisa se arrepender. O que a gente precisou viver, viveu. E acumulou essa experiência para si.

Afinal de contas, a gente tem um monte de coisas para viver ainda.

E sabe que as coisas que a gente vive fazem parte dessas experiências. E vai que vai, afinal, se não fosse por tudo isso, a gente não teria histórias para contar.

E nem um conselho para se dar.

Este é o tema “Conhecendo Você”, o primeiro post do dia no Site Josivandro Avelar, onde as perguntas que eu respondo sobre temas de cotidiano e autoconhecimento são sugeridas por inteligência artificial.

Quer me conhecer melhor? Siga-me nas redes sociais abaixo:


Receba os posts do site em seu e-mail!

Toda vez que um post for publicado no site, você irá receber na hora.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Antes de deixar o seu comentário, leia a Política de Comentários do site.

Luneta Sonora

Um podcast sobre tudo e o nada ao mesmo tempo.
https://anchor.fm/s/4e607e8c/podcast/rss

Assine A Luneta

Receba os posts do site em uma newsletter enviada às segundas, quartas e sextas, às 8 da manhã.