WhatsApp não irá limitar quem não aceitar nova política de privacidade

Para quem acreditou que eu não voltaria mais a tocar no assunto da política de privacidade do WhatsApp porque nunca mais iria render depois do dia 15 de maio, surpresa! Aqui estou eu falando dela de novo. Isso graças ao novo capítulo da história – nem novela isso é. O WhatsApp desistiu – no momento – de limitar as funções de quem não aceitar os novos termos da política de privacidade. Entenda melhor a seguir o que é que vai acontecer.

Para quem não lembra, trata-se daqueles termos atualizados onde o WhatsApp compartilharia dados dos usuários com o Facebook – que é a dona do aplicativo – nas conversas destes com contas comerciais. Para quem ainda não entendeu do que se trata, clique aqui para entender em linhas gerais essa nova política.

As limitações que seriam aplicadas seriam aquelas já mencionadas aqui. São aquelas em que os usuários que não aceitassem a nova política de privacidade até o dia 15 de maio seria, pelo menos três meses contados a partir desta data, ficariam impedidos de enviar e receber mensagens e efetuar chamadas de voz e vídeo. Porém ainda podendo receber chamadas. É tipo telefone, se você não pagar a conta, a operadora bloqueia.

Agora, o WhatsApp anuncia que não irá aplicar, por enquanto, essas limitações. Para informar claramente, atualizou sua página de suporte.

E o que diz a página de suporte agora?

De acordo com essa página de suporte, o WhatsApp deixou claro que não irá limitar – ainda – as funções dos usuários que ainda não aceitaram a nova política de privacidade, visto que, segundo a mesma, a maioria já a aceitou. Segue o que ela disse:

Como a maioria dos usuários que viram essa atualização já a aceitaram, continuaremos a exibir uma notificação no WhatsApp para fornecer mais informações sobre a atualização e como um lembrete para aqueles que não tiveram tempo de revisar e aceitá-la. No momento, não temos planos para exibir esses lembretes de maneira persistente nem para limitar as funcionalidades do app.

E completa:

Além disso, os usuários que não aceitaram a atualização terão oportunidades para fazê-lo diretamente no app, como ao registrar-se novamente no WhatsApp ou ao usar pela primeira vez um recurso relacionado a essa atualização.

Entenda em síntese tudo o que foi escrito aqui através da web story.

Por ora, fique tranquilo. Nada vai acontecer com você, por enquanto, se você não aceitou a política de privacidade.

Qualquer novidade será atualizada por aqui, e é por isso que é importante assinar A Luneta, o newsletter do blog. Ou então você pode receber notificações push clicando no sininho no canto esquerdo da tela.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Shadowbanning no Instagram: isso existe? Confirmação em duas etapas no WhatsApp Como o Instagram classifica o que você vê O que é o TikTok? Entendendo os algoritmos do Instagram WhatsApp não irá limitar quem não aceitar nova política de privacidade Truques para ativar a função de pagamentos do WhatsApp Como exibir o número de curtidas no seu Instagram WhatsApp libera função de acelerar áudios Storytelling da Luneta Novos recursos de áudio do Facebook E se eu não aceitar os novos termos de uso do WhatsApp?