Todos os calendários de 2022 – post só para aproveitar essa imagem aí de cima

Sim, você já deve saber que no início do mês este editor postou os tradicionais calendários de 2022 do Blog Josivandro Avelar. E já deve saber que foram ao todo seis calendários de uma coleção fixa que vai ter novas versões ao longo dos anos. Mas você não já viu este post antes? Ah é, não foi com essa imagem aí de cima… Mas poderia ter sido, então resolvi aproveitar essa imagem aí de cima para fazer um novo post. Mas o outro ainda está no ar, porque aqui não se perde arte.

Sim, você viu aquele post, e ele está aqui. Acontece que este editor não atentou que já tinha feito uma imagem prévia para aquele post, que estava na fila e acabou não indo ao ar. Esqueci completamente e fiz outra. Mas não tem problema! Aqui é na base da criatividade.

Mas aí o que é que eu fiz? Um novo post com uma nova chamada para aproveitar essa imagem aí de cima e te dizer que se por algum motivo você não acompanhou a postagem desses calendários, neste post você encontra os links de todos eles. Além deste post e daquele outro que você viu aqui, também tem a web story.

O que não faltou nos calendários foram novidades, afinal precisava trazer inovações. Todo ano eu posto e vai ser a mesma coisa? Nada disso. Os calendários foram postados apenas em seu formato PDF, além de possuírem QR Codes com os endereços do blog – ou das páginas relacionadas -, com os feriados de 2022.

Não tem viagem perdida!

Como comigo não existe viagem perdida, confira se não viu o post – ou confira novamente se você já viu – os links dos seis calendários de 2022 e escolha o seu preferido para baixar e imprimir:

E você também pode conferir abaixo os links dos calendários no recurso preferido da galera. Mas também tem um jeito de dar uma olhada se não conseguir ver! Basta apenas clicar aqui.

Para mais novidades, siga-me no Instagram. E eu prometo verificar a pasta da fila das artes para ver se não fiz alguma que eu já tenha feito, mas consegui dar um jeito de aproveitar essa imagem aí de cima.

Mas de qualquer maneira, valeu por ter usado a criatividade, porque não queria perder essa imagem. Porque com criatividade não se perde a arte.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.