O CANO ESTÁ RESOLVIDO

Durante as postagens triviais deste blog, fui surpreendido ontem com o estouro de uma tubulação da Cagepa próximo de casa. Era água rolando para todo lado e o bairro ficou a madrugada inteira sem água. Até agora, porque o cano está resolvido.

Na imagem acima você está vendo que o problema que começou ontem foi resolvido, e a água começa a voltar para as torneiras. Uma equipe da Cagepa foi trocar mais um cano dos anos 1960, daqueles de concreto, Brasilit, sei lá, por um de fibra.

O problema todo desses canos é esse. Feitos de um material que se desgasta muito fácil e racha, a tubulação é de 1969 – imagine as do Centro da cidade que são mais antigas que isso. Aí o tempo passa, os canos racham, ao longo dos tempos toda a tubulação vai sendo trocada por esses canos mais resistentes. Como isso acontece, obviamente, só se um cano velho rachar. E pelo visto já trocaram o da Rafael Mororó toda, lá os canos estouram uma vez por ano.

O que se relata é que o estrondo do estouro do cano foi grande o suficiente para os moradores da frente do cano acreditarem que o muro da casa estava caindo – havia um muro escorado exatamente em frente do local do buraco, o qual estava em reforma -, e por pouco não deu prejuízo para um carro que se encontrava passando lá. Tinha citado um Celta que saiu de lá empurrado. Pois o carro quase afundou ali.

O episódio do cano estourado de ontem à noite.

A partir de agora, já podemos voltar a abrir as torneiras ou ao menos tomar um banho de chuveiro. Até o próximo cano de cimento que houver nesse bairro estourar, pois ainda há muitos por baixo dessas ruas, prontos para se racharem.

Compartilhe este post

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *