Image

Equilíbrio entre a arte e a mensagem

Como equilibrar a expressão artística com a necessidade de transmitir uma mensagem clara e persuasiva na publicidade?

Como equilibrar a expressão artística com a necessidade de transmitir uma mensagem clara e persuasiva na publicidade?

Eu sou daqueles que acredita que o que faz as pessoas pegarem “ranço” da publicidade é o fato dela ser extremamente invasiva aos olhos, sem a intenção de transmitir uma mensagem e sim do “vender por vender”. E é por isso que eu acredito que a publicidade precisa ser mais artística para ser mais lembrada.

E equilibrar a expressão artística é tudo nesse meio. Afinal, ela traz a necessidade que a publicidade precisa ter para não ser invasiva. Ela precisa estar conectada com as pessoas e ser parte do cenário das cidades sem ser gritante, invasiva (eu não queria ter que repetir essa palavra, mas eu repeti) e sem conexão com o cenário.

A gente traz essa necessidade de equilibrar a expressão artística para permitir que ela seja uma parte importante da mensagem que a gente precisa transmitir para justamente não ser (posso repetir de novo?) invasivo. É passar a mensagem de uma forma sutil, sendo parte e não necessariamente o elemento principal. Todos os elementos podem se conectar.

O que eu quero dizer com o que eu planejo é sobre os elementos artísticos serem protagonistas nas minhas peças, e as mensagens que elas transmitem serem pontos mais do que complementares, afinal, elas precisam estar ali para serem compreendidas, mas não podem necessariamente serem mais importantes do que uma boa arte por si só.

Eu espero que tenham compreendido essa parte, afinal de contas, tem ideias que são bem mais complexas de elaborar para mim. Mas eu embarco nelas assim mesmo.

Este é o tema “Conhecendo Você”, o primeiro post do dia no Site Josivandro Avelar, onde as perguntas que eu respondo sobre temas de cotidiano e autoconhecimento são sugeridas por inteligência artificial.

Quer me conhecer melhor? Siga-me nas redes sociais abaixo:


Receba os posts do site em seu e-mail!

Toda vez que um post for publicado no site, você irá receber na hora.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Antes de deixar o seu comentário, leia a Política de Comentários do site.

Luneta Sonora

Um podcast sobre tudo e o nada ao mesmo tempo.
  1. Luneta Sonora 127: Sério que eu esqueci dos três anos do podcast?
  2. Luneta Sonora 126: Se eu esqueci de alguma coisa, eu não me lembro
  3. Luneta Sonora 125: Como eu esqueci de oito desenhos?
  4. Luneta Sonora 124: Que legenda este episódio merece?
  5. Luneta Sonora 123: A velha rotina está de volta
  6. Luneta Sonora 122: Nunca pode ser tarde, mas tem sido tarde

Assine A Luneta

Receba os posts do site em uma newsletter enviada às segundas, quartas e sextas, às 8 da manhã.