Image

Artes digitais: nas estradas da vida

Nas estradas da vida eu vou por onde a vida me leva, sem rumo, mas sabendo que em algum lugar eu vou parar.
,

Depois da marca de 500 banners publicados apenas este ano atingida ontem na série de artes digitais, volto nas estradas da vida por aí, sem rumo, para algum lugar, porque você não para e sabe como é, em algum lugar você tem que parar.

Então eu fiz uma estrada para o infinito e além que me define e que eu escolhi que me definisse, para me levar a algum lugar que eu não sei onde vou parar. E bem, onde eu vou parar? Vocês que me dizem. Ou eu tenho que descobrir. Eu vou descobrir.

Nas estradas da vida a gente vai e segue por aí. E quem me segue nessa jornada?

Vou sem rumo nas estradas da vida...

No vídeo de timelapse você descobre um pouco dessa estrada. Ele está no canal deste editor no YouTube, de onde eu puxo os vídeos que publiquei há uns tempos e que eu trouxe para o blog. Agora faltam nove inscritos para cem, aproveite e inscreva-se!

E além de se inscrever no YouTube, ainda publico as artes digitais em outros lugares. Por isso, você também pode me seguir no Instagram e nas demais redes sociais. Lá sempre tem um desenho inédito todos os dias, antecipando o que vai entrar no ar aqui no blog nos próximos dias aqui no blog.

E amanhã, 12 de outubro, feriadão, tem mais. Porque feriado numa quarta-feira é o máximo, inspirador…


Receba os posts do site em seu e-mail!

Toda vez que um post for publicado no site, você irá receber na hora.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Antes de deixar o seu comentário, leia a Política de Comentários do site.

Assine A Luneta

Receba os posts do site em uma newsletter enviada às segundas, quartas e sextas, às 8 da manhã.