A revolta do WhatsApp Web

O WhatsApp – sim, ele de novo – foi parar nos assuntos mais comentados do Twitter nesta segunda-feira por causa das mudanças em sua versão web, por causa de problemas enfrentados pelos usuários que não estão se dando bem com a atualização, ainda mais agora que ela está sendo readaptada para múltiplos dispositivos. É a revolta do WhatsApp Web e eu explico melhor o que está acontecendo. Com uma dica: não faltou aviso.

A tela inicial de baixar mensagens – importante lembrar que o WhatsApp não armazena as mensagens em nuvem – causou estranheza em alguns usuários. Principalmente aqueles usuários que não ficaram sabendo das mudanças que aconteceriam ali. Além disso, também há relatos de demora no envio e recebimento de mensagens, dentre outros problemas relatados pelos usuários na rede social do passarinho.

Você pode utilizar o WhatsApp Web sem conexão com a Internet, mas isso tem consequência: as mensagens que você recebe podem demorar a sincronizar. Se o seu celular estiver conectado talvez você não vá nem perceber, por isso é importante que ele esteja conectado para que aconteça a sincronização dessas mensagens. E de novo eu tenho que colocar a mensagem do último parágrafo: importante que o WhatsApp não armazena as mensagens em nuvem.

Não faltou aviso

Esses recursos até então estavam em beta. Mas eles começaram a chegar aos usuários praticamente agora, daí o estranhamento dos usuários – e olha que não faltaram matérias avisando.

Além disso, estão ausentes nessa atualização da versão web as listas de transmissão, envio e recebimento de mensagens para seu próprio número e pacotes de figurinhas sincronizadas do telefone para o dispositivo vinculado; o WhatsApp os retirou por, segundo eles, não serem mais possíveis com essa atualização.

No aguardo de mais novidades, em especial dos feedbacks que o WhatsApp prometeu atender para os usuários que estão reclamando das mudanças. Até porque isso é inevitável quando se há novidades, as pessoas demoram para se adaptar. A aguardar justamente isso, novidades.

E por isso fica a dica: é importante sempre se manter atualizado das novidades, justamente para não ser pego de surpresa, e foi isso que aconteceu aqui. Para isso, continuamos atentos aos fatos e apresentando de uma forma didática o que está vindo por aí.

E assim sigo acompanhando o desenrolar da revolta. Não se pode ignorar que ela existe.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Sair dos grupos do WhatsApp sem ser notado? Seria um sonho? A semana no blog- 8 a 14 de maio Como usar as reações em mensagens do WhatsApp A semana no blog- 1 a 7 de maio Novidades em teste no WhatsApp em múltiplos dispositivos