#ContentTalks: o que você espera mesmo?

Reclamar, ah essa arte milenar. Nós reclamamos de tudo o tempo todo, mas no calor do momento a gente esquece do básico: a gente não sugere melhoras. Não sai da zona de conforto. Só de sair dela você reclama. No fim, o que você espera mesmo?

Para qualquer relação de consumo ou serviço, a gente reclama quando está insatisfeito, mas nos esquecemos que temos um poder: o de apresentar melhorias e sugestões para aquele produto ou serviço. “Mas ah, ninguém nunca vai me ouvir”. Tá aí o problema. Nós não confiamos em nós mesmos, como cobrar uma relação de confiança?

Sugerir é dar a sua cara para algo que precisa ser pensado para você. E é em qualquer lugar. Porque a participação das pessoas não pode se resumir apenas em reclamar, porque você praticamente endossa o que tá errado e não serve mais, para no fim andarmos em círculos e no fim… Reclamar.

Feedback é tudo

É lógico que não estou dizendo que você não deve reclamar das coisas, nada disso, longe de mim. Apenas te digo sobre saber reclamar e ter uma certa base para isso. Daí a gente tem exemplos que vão do transporte até o WhatsApp, olha aí toda a história do WhatsApp Web, e muito disso se dá por falta desse feedback.

E muitas vezes é um feedback falho que provoca reclamações. De uma comunicação ineficiente muitas vezes, surgem os ruídos. Quanto mais você trouxer o cliente para próximo de seu produto ou serviço, mais ele vai conhecer, mais ele vai entender, vai participar.

É trazer para perto de você que facilita esse entendimento. Por isso é tão necessário ouvir, responder, conversar. Reclamação só acontece porque não existe feedback, simples! Afinal, o que você espera de alguma coisa que você usa, consome, se relaciona, se o outro lado não consegue se relacionar com você?

Construa pontes, e você terá clientes, que se tornam seguidores, no fim se tornam fãs, e um bom relacionamento em sintonia ajuda a construir produtos e serviços melhores.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Sair dos grupos do WhatsApp sem ser notado? Seria um sonho? A semana no blog- 8 a 14 de maio Como usar as reações em mensagens do WhatsApp A semana no blog- 1 a 7 de maio Novidades em teste no WhatsApp em múltiplos dispositivos