A inteligência artificial chegou nas mídias sociais da 612 Comunicação

Nascida como uma agência de publicidade e atualmente agência de mídia – inclusive é a personalidade jurídica deste blog – a 612 Comunicação passou a utilizar um novo método de alimentação dos conteúdos gerados nas mídias sociais. Antes eu usava um gerenciador de postagens, agora passei a utilizar o IFTTT também na alimentação das mídias sociais da agência. Se você me acompanha há um bom tempo, talvez você se lembre dele.

E eu até já falei dele na ocasião de quando eu mostrei o funcionamento dos recursos de inteligência artificial, quando precisei do IFTTT para gerar o conteúdo do blog para o Telegram. Mas lá tem muito mais possibilidades do que eu teria com o gerenciador de postagens comum. E eu pagava um para a 612 Comunicação.

Eu já usava o IFTTT na 612 Comunicação para entregar os posts do site para o LinkedIn – por meio do Buffer – e para outras mídias que permitam compartilhar. Agora também passa a entregar os conteúdos gerados pelo Instagram – que é de onde partem as postagens com imagens. Do mesmo jeito que eu faço aqui no blog.

Isso porque eu queria usar todas as possibilidades possíveis, porque não queria ser muito limitado. Até porque muitas vezes, sou só um para lidar com tantas coisas e estar presente em vários lugares. E para isso, eu uso a cabeça – e a lógica. Que não deixa de ser logística. Você vai entender melhor como eu trabalho a distribuição de conteúdo a partir de agora na 612 Comunicação a seguir.

Logística digital inteligente

Entregar conteúdo digital também é logística, acredite. Porque é um modo de flexibilizar aonde você entrega e para quais mídias você entrega, afinal, você quer que o seu conteúdo chegue a mais lugares e em mais pessoas.

Apesar do IFTTT ter um plano pago – o gratuito permite que você crie 3 applets, mas utilize ilimitadamente applets criados pela comunidade – ainda que use a versão gratuita, ele conseguiu ter muito mais alcance e possibilidades, como bem disse, do gerenciador de postagens que pagava para a 612 Comunicação.

Desse modo, economizei recursos financeiros substituindo por um modelo onde eu posso trabalhar outras mídias e outros meios de inteligência artificial e distribuição de conteúdos. E posso redirecionar os recursos para outros investimentos que se façam necessários na própria agência. Sempre há e você tem que ter.

Desse modo, eu otimizo a entrega de conteúdo e posso alterar quando quiser essa logística; afinal novas integrações surgem, novos modelos de posts, publicações e tal… E no mundo de hoje, redes sociais são flexíveis, modelos mudam o tempo todo. E é você que tem que lidar melhor com isso, ou seja, tem que sair na frente.

Com a alternativa mais viável, que eu já me acostumei e que foi bem sucedida, os recursos do IFTTT foram os que melhor me atenderam nessa necessidade de alimentar os conteúdos das minhas mídias quase que simultaneamente – até o delay é necessário. E quando os resultados são bons, eu quero replicar nos meus outros projetos.

Como gero os conteúdos?

A mecânica é a seguinte: eu publico os posts de imagem no Instagram diretamente ou no Estúdio de Criação do Facebook, na maioria das vezes no celular e a qualquer momento. A escolha se dá para determinar o que posso e o que não posso levar para a página do Facebook, que é a única alimentada diretamente. O post do Instagram então é replicado para as outras mídias sociais. Quem também dispara os applets são os posts do Blog Josivandro Avelar.

Este, por exemplo, é o primeiro post da 612 Comunicação por meio desta nova lógica:

E aqui ele no Twitter, que por sua vez tem um link para o post no Instagram, o que permite que os usuários desta mídia possam ter acesso ao post na outra mídia.

Ou seja, além de distribuir, também posso integrar as mídias permitindo que os seguidores possam ir para o Instagram, por exemplo. É um esquema bem maluco, mas funciona.

Para algumas coisas o IFTTT ainda não tem suporte, mas tem truque: é o caso do LinkedIn; não posso gerar conteúdo diretamente, mas posso usar o Buffer, um gerenciador de postagens que tem versão gratuita e é reconhecido pelas principais mídias sociais e que tem suporte para o IFTTT. Eu gero os conteúdos do site e do Instagram para o Buffer e ele alimenta o LinkedIn.

Esse modelo de interações deu certo aqui no blog, e vai dar certo na 612 Comunicação. Com o posicionamento de agregar o máximo de conteúdos de todos os sites que construiu, a agência pode construir publicações mais flexíveis. Começou no Twitter, com retweets das contas parceiras e outros tweets mais aleatórios.

E onde eu posso conferir os resultados?

Você pode conferir todos esses resultados nas minhas redes sociais e nas redes sociais da 612 Comunicação. Construo toda a minha lógica de comunicação assim.

Por mais que o nome “inteligência artificial” assuste, a intenção é construir interações mais humanas. E isso consigo melhor da maneira que eu trabalho atualmente.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Como aceitar o convite de posts colaborativos no Instagram Como publicar posts colaborativos no Instagram Posts no Instagram no computador para todos A nova home do Blog Josivandro Avelar Novidade no Close Friends do Instagram