Image

7400 e contando

Acredita que este site chegou a 7400 posts com este aqui? Quanta história eu não já contei e quanta história não está acumulada? Ela continua. E contando...

Lá se foram 7400 histórias, artes, ideias, e há quanto tempo eu não celebro as minhas próprias marcas? Marcas essas que você me ajudou a construir. E eu não celebrava marcas desde o tempo que eu tinha uma centena de posts, quando fazia artes para comemorar 500, 600, 700, e achava banal demais comemorar o resto quando passasse de 1000. Bem, acho que encontrei uma oportunidade para relembrar esses tempos.

Este é o post de número 7400 deste site, e isso foi possível por conta das publicações diárias, da experiência de 15 anos de alguém que não acredita que chegou a tanto, mas chegou, mas aqui estou eu, sendo aquilo que vocês querem ver, e sendo aquilo que constrói novas paredes e derruba aquelas paredes que ninguém queria derrubar. Mas mostrei que era necessário derrubar cada parede e onde era necessário construir uma nova.

Porque muitas vezes construir envolve fazer a maior bagunça, é verdade, mas depois está tudo arrumado e tá tudo bem, você entende que toda bagunça que eu faço, eu arrumo, e quando você vê o resultado, é o melhor possível que eu posso entregar para vocês, dentro das minhas possibilidades. É assim que eu acredito.

São 7400 histórias contadas com independência e força de vontade, afinal, eu preciso me sustentar e nem sempre é possível conquistar o que se quer se não se investir dentro daquilo que você tem. Vocês não fazem ideia do que acontece aqui do outro lado da tela. Por isso, conto com você também para colaborar com este site através dos planos de patrocínio e assinatura.

E eu atinjo a marca de 7400 a partir deste post. E contando, porque eu acredito que a gente pode construir ainda mais sonhos, ideias, artes e o que for mais necessário para te dizer: nada é igual ao longo dos anos. Tudo muda, a gente muda, e pensar fora da caixa jamais pode ser uma exceção quando deve ser a regra de quem quer o tempo todo se reinventar.

A partir de quando começo a contar novas histórias? Vamos em frente para as próximas que vierem. E já sabem: para que novas histórias sejam possíveis, eu conto com você, do outro lado. Porque nada seria possível se não fossem as pessoas e para as pessoas. E é para elas que construo todos os dias as histórias que eu conto todos os dias aqui no site.


Receba os posts do site em seu e-mail!

Toda vez que um post for publicado no site, você irá receber na hora.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Antes de deixar o seu comentário, leia a Política de Comentários do site.

Assine A Luneta

Receba os posts do site em uma newsletter enviada às segundas, quartas e sextas, às 8 da manhã.