RESSACA DO RÉVEILLON

Os primeiros momentos de 2010 foram recebidos com festa em vários locais da cidade. Na praia, nos bairros, nos clubes […]
,

Os primeiros momentos de 2010 foram recebidos com festa em vários locais da cidade. Na praia, nos bairros, nos clubes e nas ruas, em todo lugar que você fosse tinha uma festa. Teve quem se dispusesse a comemorar até o dia clarear.

Ao primeiro amanhecer do novo ano, a ressaca se confundia com a festa que ainda continuava em vários locais. Uns dormiram tarde, outros ainda comemoravam. Pelo que se via no movimento das praias e no vazio das ruas, o dia 1º de janeiro era literalmente o dia da ressaca.

Na orla pessoense, onde houve as duas festas de réveillon, alguns nem voltaram para casa para descansar. Teve quem dormiu lá na praia mesmo. Quem não foi à praia ver os shows e as queimas de fogos curtiu em casa. Quem não comemorou em casa ou na praia comemorou o Ano Novo viajando.

No mais, nada diferente do Natal. As ruas do Centro da cidade mais uma vez ficaram desertas. Todo mundo curtindo o primeiro dia de 2010: umas descansavam da festa em casa ou aproveitaram o dia na praia. outras estavam viajando, visitando parentes no interior.

E pensar que segunda-feira começa tudo de novo. Alguns continuam de férias, mas a grande maioria voltará à rotina diária. Tudo vai lentamente voltando a sua normalidade. E assim o ano começa aos poucos. Para valer mesmo, só depois do Carnaval.


Receba os posts do site em seu e-mail!

Toda vez que um post for publicado no site, você irá receber na hora.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Antes de deixar o seu comentário, leia a Política de Comentários do site.

Luneta Sonora

Um podcast sobre tudo e o nada ao mesmo tempo.
  1. Luneta Sonora 125: Como eu esqueci de oito desenhos?
  2. Luneta Sonora 124: Que legenda este episódio merece?
  3. Luneta Sonora 123: A velha rotina está de volta
  4. Luneta Sonora 122: Nunca pode ser tarde, mas tem sido tarde
  5. Luneta Sonora 121: Um dia de recados soltos
  6. Luneta Sonora 120: Pessoas reais, conexões reais, propósitos reais

Assine A Luneta

Receba os posts do site em uma newsletter enviada às segundas, quartas e sextas, às 8 da manhã.