QUEM APAGOU A LUZ?

Uma sequencia de blecautes apagou João Pessoa e várias outras cidades da Paraíba entre a tarde de ontem e a manhã de hoje. Tudo culpa de um transformador da Chesf, que deu problema e gerou uma confusão geral na cidade, ou melhor, em várias cidades. Eis a evolução de como as coisas aconteceram, pois no momento em que redigia a matéria falando de uma falta de energia, logo vieram outros três apagões.

Tudo começou ontem, por volta das 16 horas, faltou energia (inclusive no momento em que estava escrevendo justamente sobre isso faltou energia de novo, agora por volta das 19:25). Quando faltou a luz, tudo parou, desde aulas na escola até sessões na Assembleia Legislativa (a Assembleia não tem gerador?). Mas a assembleia dos professores municipais que citei na postagem anterior não parou graças ao carro de som, que tinha bateria. Sem contar o trânsito, pois com os semáforos apagados, agentes da STTrans tiveram de disciplinar o tráfego. A luz voltou uma hora depois, mas parece que a manutenção falhou, e no momento que eu estava redigindo este texto faltou luz de novo. Após quase uma hora e meia de apagão, ou seja, bem mais longo que o apagão desta tarde, a energia já foi normalizada.

A falta de luz afetou a Grande João Pessoa. Segundo informações, foi por conta de um problema na estação Mussuré II da Chesf, causado pela explosão de um transformador, que parecia ter sido solucionado naquela hora. Mas, faltou energia novamente, e muito provavelmente pelo mesmo motivo (falha de outro equipamento na estação Mussuré II). Esse apagão atingiu também vários outros municípios da Paraíba. A Chesf é responsável pela manutenção das hidrelétricas do Rio São Francisco (Chesf é a sigla de Cia Hidrelétrica do São Francisco), que fornecem energia para quase todo o Nordeste e a distribuem para as concessionárias dos estados, aqui na Paraíba, é a Energisa.

E só para variar, houve um terceiro apagão, por volta das três horas da madrugada, sorte que você estava dormindo. A luz voltou uma hora depois, totalizando assim nada mais nada menos do que sete horas de escuridão. Foi aquele transformador de novo…

E como a matéria promete ser longa, teve um quarto apagão, por volta das 9:50. Vejam só como é a notícia em movimento: como tudo acontece no momento em que estou escrevendo a matéria, estou dando as informações da falta de energia exatamente na hora em que os apagões acontecem, e tudo por acaso. Tudo em tempo real, no momento em que os apagões aconteceram. Computadores funcionam à energia. E também à bateria.

Agora resta saber o que realmente aconteceu para que o transformador desse problema, para que assim se evitem novos incidentes como os de ontem e hoje, que prejudicaram não uma cidade inteira como João Pessoa, mas cidades inteiras, visto que, como disse, a região leste do Estado também ficou às escuras. Sem contar que outros serviços essenciais foram prejudicados, como o abastecimento de água.

O que não faltou ontem foram velas e lanternas. Vamos esperar não ter novamente que depender delas hoje para iluminar a noite, ou seja, que a Chesf resolva de maneira definitiva o problema para que novos apagões não voltem a acontecer tão cedo. Eu agora finalmente fecho esta matéria, que demorei para escrever por conta justamente desses apagões, que eram justamente o assunto que eu estava tratando. Isso é que é estar no fato…

Compartilhe este post