FALTA POR FALHAS

Sim, vocês viram a luta que foi para colocar a matéria no ar. Levei 24 horas para redigir o texto e reescrever de maneira a atualizar o que estava acontecendo, até o momento da publicação da matéria, e tudo culpa do próprio tema da matéria, o apagão de ontem (e de hoje). Até o próprio presidente da Energisa não entende como é que uma capital de estado como João Pessoa e 21 cidades podem ser atendidas por uma única subestação da Chesf e um só gerador. Traduzindo, de uma única estação, que distribui energia para as outras subestações, depende a energia de no mínimo 800 mil pessoas.

Nem eu, nem as autoridades. O Ministério Público e a Assembleia Legislativa cobram da Energisa explicações para os blecautes, que provavelmente vão muito além dos transformadores queimados. E se o segundo apagão era para manutenção, deveria ter sido comunicado. Após o apagão, é evidente que se procure explicação.

Um transformador não explode por acaso, só um sistema precário, e é claro, falta de investimentos explicam o que aconteceu ontem.

Compartilhe este post