Image

Parte da cidade: porque cada parte importa

Minha próxima modalidade de artes é usando o traçado das ruas de João Pessoa. Porque cada parte da cidade importa.

Parto sempre do princípio de que tudo é arte. E não para menos eu faço isso de todos os jeitos e na minha liberdade de criação visual, trabalhando ora com arte tradicional, ora com arte digital, mas principalmente com arte publicitária. E eu faço muito isso aqui no site. Sabendo que cada parte importa, resolvi fazer arte com mapas, em busca de explorar a João Pessoa que poucos exploram a partir do traçado das suas ruas.

E é por isso que a partir desta quinta-feira, a maior parte dos temas neutros dos posts da quinta-feira, que falam justamente das minhas relações com a cidade, fazem uma menção ao que eu quero dizer como parte da cidade, como um modo de explorar a cidade a partir do traçado das suas ruas. Já começa a partir da arte de divulgação deste post, como vocês podem ver, e emenda na arte de divulgação do próprio post nas mídias sociais.

Eu utilizo dois aplicativos para gerar mapas coloridos, sendo um para computador e um para celular (e esse eu curti demais, conto em um próximo post). Só que eu queria falar de cada um de uma forma específica para não deixar o post tão alongado. E já para começar, eu vou falar especificamente do que eu utilizei para gerar os mapas para computador, caso de sete esquemas que usei, escolhendo o azul para iniciar e para servir como fundo dos posts de mídias sociais de todos os posts do tema a partir de hoje.

E o conceito do “Parte da cidade” não é somente mostrar o mapa da cidade como um todo, e sim o mapa onde o centro geográfico é o local de onde o trabalho acontece. E bem, quis criar um monte de estilos e esquemas de cor. Usei sete de princípio, mas separei três para serem exibidos aqui no site para além, lógico, dos esquemas que eu usei para as artes de hoje, como vocês podem ver.

E para os mapas de hoje, usei o Snazzy Maps. É um site onde você pode explorar os mapas a partir das cores que você quiser, e até personalizar os seus próprios mapas. E realmente, o que mais faltam são projetos artísticos que explorem melhor o traçado das ruas. Esse é um dos sites que podem ajudar a suprir essa carência, e eu já tinha utilizado o editor do site para fazer um mosaico para o Instagram da 612 Comunicação.

O Snazzy Maps é gratuito e você pode até criar os seus próprios estilos de cores nos mapas e publicá-los para a comunidade. E olha que você ainda pode utilizar vários estilos diferentes e únicos para utilizar nos seus projetos. Ainda que as linhas de uma cidade sejam únicas, a personalização dos temas e esquemas de cor que você utiliza faz toda a diferença. E é o que eu estou fazendo em mais essa modalidade de arte.

Já vão se acostumando com coisas assim. Se bem que já fiz algumas parecidas. Agora, com mais traquejo e mais habilidade. E eu ainda conto sobre o aplicativo que eu usei no celular, que tem uma proposta parecida, mas é distinto desse.

Afinal, para mim, cada parte importa, e o traçado das ruas nos integra mais do que qualquer coisa na nossa cidade.


Receba os posts do site em seu e-mail!

Toda vez que um post for publicado no site, você irá receber na hora.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Antes de deixar o seu comentário, leia a Política de Comentários do site.

Assine A Luneta

Receba os posts do site em uma newsletter enviada às segundas, quartas e sextas, às 8 da manhã.