O guia definitivo de dicas de uso de hashtags do Instagram – pelo próprio Instagram

O Instagram fez mais um desses posts esclarecedores sobre ferramentas e recursos da rede social, e diferente do blog, essa foi pelo próprio Instagram mesmo. É sobre o uso de hashtags na rede social. Tudo o que você queria saber, até te contaram, mas até quem contou ficou surpreso.

Finalmente você vai saber quantas e que tipo de hashtags usar, porque é o Instagram que está dizendo como, em seu perfil de creators.

Para começar, o texto está em imagens em inglês, mas usei o app do Google Tradutor, que permite traduzir imagens. E então…

…Pude destrinchar este post aqui.

Agora você vai entender as práticas recomendadas do uso de hashtags, ou seja, o que fazer e o que não fazer na escolha e postagem das hashtags do Instagram.

Para começar, quais são as práticas recomendadas?

  • Use hashtags que sejam relevantes ao tema do seu conteúdo;
  • Verifique quais hashtags seus fãs já usam e seguem;
  • Misture bem hashtags conhecidas e de nicho para ampliar sua descoberta;
  • Use hashtags específicas para que seus fãs possam procurar facilmente por seu conteúdo. Você pode até criar seu próprio!
  • Mantenha o número de hashtags entre 3 e 5.

Você leu aí, 3 e 5 hashtags no mínimo (embora o limite por post seja de 30). Muita gente até achou pouco, mas se é isso que o Instagram recomenda…

…Agora vamos para as práticas não recomendadas. Ou seja, o que você não pode fazer ou o que lhe é sugerido não fazer, a seguir:

  • Não use hashtags que não tenham nada a ver com o seu conteúdo (por exemplo, #explorepage);
  • Não use hashtags excessivamente genéricas – isso vai tornar mais difícil para as pessoas para descobrir o seu conteúdo devido ao volume de outras pessoas usando as hashtags;
  • Não use muitas hashtags – adicionar 10-20 hashtags não vai ajudar você a obter distribuição adicional.

Coisas a ter em mente, segundo o Instagram

O próprio conteúdo e a forma como as pessoas interagem com ele podem afetar a distribuição mais do que a hashtag.

Ou seja, a dica é criar conteúdos que agreguem e que engajem. Porque não é uma hashtag que vai dar esse impulso para você, e sim o quanto as pessoas se interessam pelo seu conteúdo.

Pense em uma hashtag como uma ferramenta que fornece contexto sobre sua postagem e suporta a entrega de conteúdo para as pessoas que estão interessadas em um determinado tópico.

Importante que as hashtags forneçam informações que levem até o seu conteúdo e, principalmente, tenham a ver com o seu conteúdo. Se você fala de roupas, use hashtags de moda específicas do nicho para o qual você trabalha. Se você fala de salada, use hashtags de alimentação específicas, e por aí vai.

Toque aqui para conferir a web story, se você está vendo pelo Instant Articles do Facebook.

Acho que agora sim, você definitivamente vai esquecer, como eu, tudo o que você sabia sobre hashtags. E ah, não esqueça de verificar as hashtags banidas!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Novidade no Close Friends do Instagram Gravação de áudios com pausa no WhatsApp Comunidades no WhatsApp? IGTV agora é Instagram TV Instagram enfrenta nova instabilidade