A MOTO DO “MANGUZÁ”

Existem coisas no lugar onde você mora que são icônicas. Depois do carro do sorvete, do carro da galinha, do carro do ovo, do Churros do Chaves, apresentamos a moto do “manguzá”.

O empreendedor que criou o spot – que captei com o celular do terraço de casa hoje à tarde e você ouve a seguir – criou algo que definitivamente tem a cara de um viral. Vende o seu peixe, ou melhor, seu munguzá numa moto em vários pontos da cidade. Quem não se lembra do carro do sorvete onde a frase mais icônica era o “Traga a bacia”? É mais ou menos por aí.

Você logo percebe quando algo tem o potencial de ser um viral. O ritmo regional, a própria venda de uma comida típica da região, o sotaque empregado pelo locutor e até a forma de falar “manguzá” (o correto é munguzá), tudo isso para falar esse texto simples:

Oi! Vai passando a moto do manguzá!
Por apenas um real!
Eu falei, um real!
O manguzá mais gostoso da cidade é aqui na moto!

Comecei a ouvir esse áudio há umas duas semanas no Rangel e logo pensei: eu preciso mostrar o que esse cara fez para o mundo! Logo isso vai pegar na cidade toda, aguarde e verá.

O importante é que o cidadão – empreendedor – que criou esse spot sabe bem que para se vender um produto, tem que chamar a atenção de uma maneira única e as vezes icônica. E em tempos de crise, criatividade é fundamental para se destacar.

Até na hora de anunciar o produto que vende.

Compartilhe este post

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *