Image

Minicoluna no computador novo

Minha primeira minicoluna no computador novo, mais agilidade para trabalhar é o que eu sempre procuro.
,

Esta é a primeira minicoluna que eu escrevo no computador novo, zero quilômetro – se bem que estreou na segunda-feira. Mas que eu comecei a usar efetivamente ontem depois de instalar todas as parafernálias que existiam no outro.

Tudo isso para não deixar vocês sem a minicoluna, aquele espaço das notinhas menores que um destaque aleatório, mas que eu quero dar tanta importância, que eu escolhi colocar aqui, em um post de destaque semanal.

E vamos começar a minicoluna de hoje. Agora sim, de computador novo. Mais agilidade para trabalhar é o que eu sempre procuro.

Antes de começar…

Perdeu a minicoluna da semana passada? Clique aqui.

Agora sim, vamos começar a minicoluna.

Quinta máquina

O meu computador atual é o quinto nesses 15 anos que eu trabalho em Internet. A primeira máquina foi a “comunitária”, onde todos da família usaram, onde este site nasceu, e na medida que todo mundo ia tendo computador próprio, eu fiquei com ela. Por pouco tempo.

Foi a lendária máquina que desligou do nada. Eu poderia dizer “nem quero me lembrar disso”, mas eu registrei isso na época.

Daí em diante…

Meu primeiro computador próprio foi um netbook bem pequeno (tela de dez polegadas) onde eu fazia os trabalhos da faculdade, além, lógico, de editar o então blog uma vez ou outra.

Durou até o último dia do curso. Já tava capenga justamente no momento da redação do TCC.

E depois…

Vieram as máquinas com as quais eu trabalhei com publicidade: o computador que era do meu pai (que depois passou para meu irmão), e a máquina anterior, com a qual eu trabalhei seis anos.

Máquina essa que sai de cena com um SSD instalado e o dobro de memória.

Motivo da troca?

Eu podia trocar tudo, menos o processador. O computador não poderia receber a atual versão do Windows – o Windows 11 -, e já estava com problemas por conta de um problema com a bateria.

Fora que eu já tinha gastado tudo o que tinha de gastar com o computador. Seria melhor vender esse antigo e comprar um novo, já com tudo pronto.

E desde segunda-feira, cá estou eu com o quinto computador da minha história.

Por coincidência…

O meu antigo computador teve o destino sacramentado no dia em que completou 6 anos de uso. Ele tinha chegado no dia 20 de novembro de 2017.

No dia 20 de novembro de 2023, comprei esse computador. Como era pela Internet, chegou segunda-feira.

Outras novidades

O podcast Luneta Sonora chegou ao YouTube, em canal próprio e separado do meu principal (agora eu tenho dois canais). Todos os episódios já estão lá.

Já aproveita para se inscrever.

Só falta uma coisa

Divulgar o novo canal. Aos poucos eu vou arrumando tempo para tal.

Afinal, será um impulso importante para este podcast.

Não deixe de apoiar o site!

Você já deve saber que para mim, é importante arrumar novos trabalhos, por isso, sigo com agenda e comissões abertas para as artes físicas e digitais.

Ah sim, já sabe que tem plano de patrocínio e assinaturas no site, não é? É só clicar aqui e escolher a melhor opção.

Mais uma possibilidade

Você ainda pode colaborar com qualquer valor para o meu trabalho, através do Pix artesdigitais@josivandroavelar.com.br.

E ainda pode entrar em contato comigo para solicitar uma arte. Para isso, é só conferir o Mídia Kit de Artes Digitais.

E vem que vem de arte digital

E vamos de arte digital do dia.

Já sabe, não é? Em breve tá lá no site.

Clássicos de Josivandro Avelar

E é claro, minicoluna só é minicoluna com o clássico da quarta-feira.

Vou precisar fazer mais, já que chegou nos clássicos datados. Vamos ter clássicos com as artes mais antigas, hein?

Siga-me…

No Instagram – e nas demais redes sociais – em @josivandroavelar. No X e no Telegram, em @josivandro.

Dezembro tá batendo na porta!

A minicoluna de hoje foi dentro do horário em que eu queria postar. Sem atraso, com tudo certo, e de máquina nova. Agora sim, vamos voar ainda mais alto!

Semana que vem é dezembro. E a minicoluna estará de volta, nas comemorações dos 15 anos deste site. Sigo por aqui todos os dias, e vamos que vamos.


Receba os posts do site em seu e-mail!

Toda vez que um post for publicado no site, você irá receber na hora.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Antes de deixar o seu comentário, leia a Política de Comentários do site.

Luneta Sonora

Um podcast sobre tudo e o nada ao mesmo tempo.
  1. Luneta Sonora 127: Sério que eu esqueci dos três anos do podcast?
  2. Luneta Sonora 126: Se eu esqueci de alguma coisa, eu não me lembro
  3. Luneta Sonora 125: Como eu esqueci de oito desenhos?
  4. Luneta Sonora 124: Que legenda este episódio merece?
  5. Luneta Sonora 123: A velha rotina está de volta
  6. Luneta Sonora 122: Nunca pode ser tarde, mas tem sido tarde

Assine A Luneta

Receba os posts do site em uma newsletter enviada às segundas, quartas e sextas, às 8 da manhã.