Mídias autodestrutivas: recurso das “fotos que somem” já está disponível no WhatsApp

Quando eu falei sobre elas, o recurso ainda estava no beta. Agora você já pode utilizar o recurso de mídias autodestrutivas do WhatsApp. Pra isso, basta que você mantenha o seu aplicativo atualizado. Manter o aplicativo do WhatsApp atualizado é fundamental para receber os recursos que virão.

O recurso começou a ser disponibilizado para os usuários desde a última segunda-feira, e chegou aqui para mim ontem. E aí você se pergunta: como é que isso funciona?

Então, funciona assim: esse novo recurso de mídias autodestrutivas consiste no remetente enviar uma imagem que o destinatário só poderá ver uma única vez. Depois disso, essa mídia se apaga, some, desaparece. Veja lá o que você vai fazer com esse recurso, hein?

Mas então, o que que eu fiz quando eu recebi o recurso? Sim! Eu fiz um teste para mostrar como funciona o recurso, que você pode ver na web story abaixo, afinal, de alguma maneira, queria poder mostrar para vocês.

Sim, web story, o recurso preferido da galera.

É importante lembrar que o recurso de mídias autodestrutivas não impede – ainda – que o destinatário printe essa imagem. Você não será notificado sobre isso. É, não existem segredos muito bem guardados, mas isso pode quebrar o seu galho.

Clique aqui e siga-me no Instagram. Ou se quiser, você pode clicar aqui e me seguir no TikTok.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

100 histórias A mudança das cores do WhatsApp Como usar o WhatsApp em múltiplos aparelhos Celulares onde o WhatsApp vai parar de funcionar Como funciona a verificação de contas no Instagram Como aparecer na pesquisa do Instagram Lista Telefônica é da sua época? Onde o WhatsApp vai parar de funcionar O Instagram bugou de novo! Ouvindo áudio antes de postar no WhatsApp Web Política de privacidade do WhatsApp ajustada para o Brasil Instagram dá fim ao “arrasta para cima”