Mente criativa e inquieta

A mente criativa – e inquieta – da @612comunicacao.

A frase acima é a minha bio nas redes sociais – só dar uma olhada lá no meu perfil do Instagram, por exemplo. Mas com certeza você deve estar se perguntando: no que essa bio me define?

A mente…

Essa bio das minhas redes sociais define uma qualidade e – posso assim chamar porque somos humanos e todos nós temos – um defeito.

E é aí que eu quero chegar na resposta mais básica que poderia lhes dar sobre no que essa bio me define e porque ela é uma marca registrada minha, como a luneta do meu blog. Ela representa exatamente o permanente confronto das entranhas da minha cabeça.

O confronto da minha qualidade de criatividade e do meu defeito de inquietude. Por causa desse confronto da vontade de fazer com o fazer da melhor maneira possível, sou assim como você me vê.

…criativa…

A criatividade me define por não estar no lugar comum, não seguir padrões, criar. Simplesmente criar. Porque você tem um diferencial – como todos nós temos! E como você quer se destacar entre 7 bilhões de habitantes no Planeta Terra? Eu me destaco usando a criatividade.

…e inquieta.

A inquietude me define por eu não me acomodar por natureza. Eu me preocupo sempre com o que eu faço e até sou um pouco rigoroso até mesmo com os textos que escrevo, se estão compreensíveis, se as pessoas podem entender. Eu não descanso por natureza e só me dou por satisfeito quando tudo está como eu quis que estivesse.

E assim me defino como uma mente criativa e inquieta. Porque eu sei dos meus limites e das minhas barreiras e do que tenho na minha mente, ao mesmo tempo que me destaco por coisas que exijam justamente dela.

Somos criativos. Inquietos. Somos o que somos e isso nos torna únicos.

Com todas as qualidades. Com todos os defeitos.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *