Image

Eu vou pegar no seu pé

É pré-candidato em João Pessoa? Saiba que eu vou pegar no seu pé.
,

Nos meus 35 anos de vida – por favor, acreditem, eu tenho 35 anos, mas se você olhar para mim vai dar menos – eu já andei por todos os cantos de João Pessoa, como nascido na cidade que sou. Parece até discurso de pré-candidato a prefeito, mas eu garanto que nenhum deles andou a cidade o quanto eu andei sendo um estudante na metade dessa trajetória, e publicitário em outra. Por isso, caro pré-candidato (ou até o atual prefeito), eu vou pegar no seu pé.

Afinal de contas, o meu tempo de andar já passou. Tô aqui sossegado no meu canto, quem sabe um dia eu volte a andar para além das fronteiras do Rangel um dia (eu posso passar da fronteira do Cristo, mas isso não conta), mas eu não me esqueço de onde eu venho. E bem, essa é uma das minhas metas para os próximos anos, já que os primeiros 15 anos do site já passaram e sabe como é, eu acho que eu preciso, digamos, “incomodar” mais.

Já comecei fazendo isso com uns dois pré-candidatos a prefeito, em forma de comentários nas redes sociais deles. Mas lembrem-se, amigos, é na base do fair play. Só vou lembrar vocês de algumas coisas que precisam ser lembradas, outras que vai que realmente vocês esqueceram, mas não se esqueçam: o eleito vai me aguentar. Eu tô só treinando…

Mas estão ligados: eu vou pegar no seu pé. Digo no singular, afinal, não miro em uma pessoa em específico, mas em quem está lendo esta mensagem. Pelo menos sabem quem eu sou e o que eu faço. E eu sou tranquilo, tá? Podem ficar tranquilos que vai ser, posso dizer assim, de leve…


Receba os posts do site em seu e-mail!

Toda vez que um post for publicado no site, você irá receber na hora.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Antes de deixar o seu comentário, leia a Política de Comentários do site.

Luneta Sonora

Um podcast sobre tudo e o nada ao mesmo tempo.
  1. Luneta Sonora 126: Se eu esqueci de alguma coisa, eu não me lembro
  2. Luneta Sonora 125: Como eu esqueci de oito desenhos?
  3. Luneta Sonora 124: Que legenda este episódio merece?
  4. Luneta Sonora 123: A velha rotina está de volta
  5. Luneta Sonora 122: Nunca pode ser tarde, mas tem sido tarde
  6. Luneta Sonora 121: Um dia de recados soltos

Assine A Luneta

Receba os posts do site em uma newsletter enviada às segundas, quartas e sextas, às 8 da manhã.