Aqui estamos, onde estamos…

O fim do ano já tá despontando, amigos. E se nós chegamos até aqui, é porque estamos na batalha. Estamos em outubro. Mais um mês desse ano louco de 2020 que jamais será esquecido, com história para contar para as próximas gerações lembrarem e não repetirem. E é isso mesmo, já soube que começaram a armar a decoração de Natal. Aqui estamos, mas onde estamos?

Num ano que para muitos não existiu. O ano mais surreal das nossas vidas, sem dúvidas. Onde o impossível se tornou possível e até normal. Efeitos de uma pandemia que sabemos, começou lá no início do ano, e tudo parou por causa de algo que não conseguimos enxergar, mas que causa um estrago quando nos toca. Pensamos que poderíamos sair incólumes.

Mas lembrei que estamos no Planeta Terra. E todos nós sofremos juntos. Sentimos juntos. Não estamos sozinhos. Somos humanos. E como humanos, temos fraquezas, sim. Mas como animais racionais que somos, podemos usar a nossa força e nossa inteligência.

Nada pode ser mais maluco que o mundo que vivemos e não sabemos como serão as nossas vidas daqui para frente. Mas a gente tá se acostumando, afinal, a vida é feita de ciclos, de eras, e se você acha que o mundo sempre foi assim desde que você nasceu… Olha, lamento te decepcionar, nunca foi.

Você apenas não está acostumado aos ciclos, porque acreditou que as mudanças são lentas, nunca viveu uma súbita como essa! Mudanças te pegam de surpresa, te pegam desprevenido, porque nada são planos. Mas tudo são planos ao mesmo tempo. Planos, bem, a gente faz, a gente refaz. A gente vive a vida intensamente.

Aqui estamos. Em outubro. Falta pouco para atravessarmos essa fase. Confia, vamos conseguir passar por essa. O que veio antes disso… Foi só um treinamento.

Compartilhe este post

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *