Três perguntas para o inconsciente

O inconsciente existe e não existe ao mesmo tempo. Ele não existe porque você não vê, mas existe porque você tem um. E na falta de alguém para entrevistar, resolvi ouvir o inconsciente e fazer alguns questionamentos para ele. Pelo menos umas três perguntas.

E o que será que ele tem para falar? Já tenho as perguntas na ponta da língua sobre um pouco da força interior que nos comanda.

Eu: O que você enxerga que eu não consigo enxergar?

Inconsciente: Eu consigo sentir o perigo, sou capaz de te manter longe deles. Mas você me questionou o que eu enxergo que você não consegue enxergar. Justamente o que os olhos não podem ver, mas que você consegue sentir e se manter longe.

Eu: Muitas vezes as pessoas não entendem, como explicar a elas?

Inconsciente: Elas não entendem por que cada um de nós tem um inconsciente e não o escuta. Muitas pessoas se metem até em apuros por não me escutar! Mas eu mando recados para o coração, te preparo para aqueles momentos que você se sente desconfortável.

Eu: E que recado você gostaria de mandar para as pessoas?

Inconsciente: Escutem mais a si mesmas um pouco. Eu estou aqui sempre que você estiver sozinho, mas eu prometo não te deixar desconcentrado. Tudo o que precisamos é pensar no nosso bem, pois todos nós temos uma força interior que nos mantém de pé.

Inspirado no desafio Bloganuary do WordPress.com

O tema do vigésimo terceiro dia é “Entreviste um personagem fictício.” Que para mim só poderia ser ele, o meu próprio inconsciente. Que existe e não existe.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

WhatsApp vai deixar de funcionar nos iOS 10 e 11 A semana no blog- 15 a 21 de maio Sair dos grupos do WhatsApp sem ser notado? Seria um sonho? A semana no blog- 8 a 14 de maio Como usar as reações em mensagens do WhatsApp