RENOVAÇÃO TOTAL (LOGO DE CARA)

O que o Dunga não fez, o Mano fez: chamou finalmente para a seleção principal Neymar e Ganso. E essas não foram as únicas novidades da convocação (já? Depois eu explico) da Seleção Brasileira após a campanha desastrosa campanha desastrosa da Copa da África do Sul. E não foram só os dois não: outros 20 jogadores que não jogaram a Copa foram chamados por Mano Menezes em seu primeiro dia de trabalho na Seleção. Só quatro jogadores que disputaram a Copa fizeram por merecer continuar: Daniel Alves, Thiago Silva, Ramires e Robinho.

Agora sim, porque convocar hoje uma nova Seleção, um dia depois do técnico Mano Menezes se despedir do comando do Corinthians? A primeira convocação da Seleção Brasileira após a Copa e a primeira feita pelo novo treinador se deve ao fato de que, no dia 10 de agosto a Seleção Brasileira enfrenta a seleção dos Estados Unidos, na cidade de Nova Jersey.

E a renovação não parou por aí. Alexandre Pato (como ninguém pensou nele antes na Copa?), outro que ficou de fora da Copa, também foi chamado, assim como Hernanes, do São Paulo. Todos os goleiros foram renovados, e todos jogam no Brasil: Jefferson, do Botafogo, Renan, do Avaí e Victor, do Grêmio. E além de tudo isso, convocou também nomes que podem, quem sabe, jogar uma Copa, mas que por enquanto, pouca gente conhece ainda: Jucilei, Réver, Sandro, Lucas, Marcelo, André, Éderson, Carlos Eduardo, Henrique, André Luiz (guardem bem esses nomes).

Com isso, a idade média dos jogadores diminuiu (de 28 para 23 anos), e pelo menos a aposta de renovação foi cumprida logo de início, ou seja, não foi assim tão surpreendente. Mas é o que todos queriam e esperavam da Seleção, principalmente na tentativa de consertar os erros de um passado não tão distante. Foi há menos de um mês que o Brasil foi eliminado da Copa.

Mas agora, o momento é de olhar para a frente e ver que há um caminho a ser trilhado de agora em diante. O caminho do triunfo rumo à Copa de 2014.

Compartilhe este post