Passos calculados

Se não estivesse certo de uma coisa que planejo há muito tempo, não estaria certo de uma coisa que planejo. Os meus passos são friamente calculados, como diria o grande filósofo Chapolin Colorado. O tempo das coisas “de bolo” já se foi. Ah, os momentos mais reflexivos da vida…

Coisas que a gente pensa e fica quase lunático em 107 dias dentro de casa. Sem sair pra fora em nenhum momento, dependendo dos olhares das telas e das conversas. Dentro de casa, mas não fora do planeta. Olhando para todos os cantos da casa e procurando um detalhe que seja que eu possa mudar. Mas permanecendo firme e forte de modo a garantir um futuro brilhante nesse novo mundo.

Tudo na vida precisa de planejamento, de pensar direito, calcular tudo. Como disse, o tempo das coisas “de bolo” já se foi e hoje tudo é movimento, tudo é algo profissional, porque você está aqui há uma década, já é “lobo véio” nessa estrada, meu amigo. A gente se mexe o tempo todo. E é acumulando experiência que você não pode errar, e se errar, erra o mínimo possível.

Sem medo de errar

Calculo cada passo que é necessário ser dado para crescer. Até mesmo os passos mais simples. Você talvez nem imagina que queira dar mais um passo nesse processo de profissionalização. Mas isso é uma coisa – tão simples até, mas tão significativa – que sigo reservando. Porque a gente sabe que cada passo precisa de planejamento

Ou iria pisar em falso e não conseguir. Não é o que gostaria nem o que ninguém gostaria.

E vamos planejando cada passo. Se necessário trocar algo, troca, se necessário mudar, muda. O que é necessário é tão somente ser feliz, afinal, é assim que nos sentimos felizes e traduzimos nossas expectativas em felicidade.

Calculando cada um dos meus passos.

Compartilhe este post