Image

Para todos os momentos que as ideias me faltarem

Para todos os momentos que as ideias me faltarem, eu sei de onde eu posso tirá-las. E deixá-las também.

Este foi mais um texto que comecei a produzir no Simplenote e tirei da poeira quando as ideias me faltam em um determinado momento, um determinado tema, eu sempre dou um jeito de começar mesmo quando eu termino mais tarde. Afinal, para todos os momentos que as ideias me faltarem, eu sei de onde eu posso tirá-las. E deixá-las também.

Muitas vezes as ideias que eu tenho vem fora de hora, e para isso eu preciso de um bloco de notas. E em alguns casos um bloco de notas não basta, eu arrumei um monte de aparatos para me abastecer de ideias. Mas não tem problema! A gente tem solução criativa para tudo e transforma uma ideia acumulada em uma ideia pronta.

Hoje eu olho para a tela e atrás dela olho para o quadro que eu pendurei na parede para anotar coisas, afinal é um quadro branco em versão menor que esses de escola, e lá eu colo uns post-its com propostas de desenho e outras coisas das quais eu preciso me lembrar para poder dizer lá na frente que eu tenho uma ideia.

Para todos os momentos que as ideias me faltarem, eu sei onde eu posso recorrer e onde eu vou recorrer quando ideias me faltarem lá na frente e os bloqueios criativos teimarem em aparecer. A gente nunca sabe quando pode contar, mas quando puder contar, eu sei como eu vou superar os obstáculos e ter uma fonte de ideias.

Se bem que hoje eu tive várias ideias. Umas eu tirei do papel. Outras eu coloquei em papéis.


Receba os posts do site em seu e-mail!

Toda vez que um post for publicado no site, você irá receber na hora.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Antes de deixar o seu comentário, leia a Política de Comentários do site.

Luneta Sonora

Um podcast sobre tudo e o nada ao mesmo tempo.
  1. Luneta Sonora 127: Sério que eu esqueci dos três anos do podcast?
  2. Luneta Sonora 126: Se eu esqueci de alguma coisa, eu não me lembro
  3. Luneta Sonora 125: Como eu esqueci de oito desenhos?
  4. Luneta Sonora 124: Que legenda este episódio merece?
  5. Luneta Sonora 123: A velha rotina está de volta
  6. Luneta Sonora 122: Nunca pode ser tarde, mas tem sido tarde

Assine A Luneta

Receba os posts do site em uma newsletter enviada às segundas, quartas e sextas, às 8 da manhã.