O céu à meia-noite de um primeiro dia especial

Um primeiro dia não poderia ser um primeiro dia qualquer. Poderia, se não tivesse o registro do colorido do céu à meia-noite do Ano Novo dela, a gloriosa frente de casa. De um primeiro dia que não é qualquer primeiro dia; é um dia especial: o dia de Ano Novo, o primeiro dia do ano, o momento que recepcionamos 2022.

E é claro que mais uma vez renovei uma dessas tradições do blog. Como toda tradição que se renova nesse novo ciclo e na evolução tecnológica e que dá essa característica de identidade a um projeto.

Alguns comerciantes do bairro organizaram – como todo ano tem – a sua queima de fogos. Não deu para pegar muita coisa – como todo ano acontece. Mas se há dez anos a minha câmera de celular era VGA, o modo noturno das câmeras modernas ajuda muito.

Eu adolescente do post anterior, saiba que lá na frente a qualidade do seu conteúdo vai melhorar, porque eu sei que você é esforçado. E até que você consiga melhorar ainda mais, dá só uma olhada no material deste ano:

Tentei registrar a queima de fogos em frente de casa, no céu da meia-noite.
E lá vamos nós tentando registrar a queima de fogos em frente de casa, no céu da meia-noite.
Outra tentativa de registrar a queima de fogos em frente de casa, no céu da meia-noite.
Mais uma tentativa de registrar a queima de fogos em frente de casa, no céu da meia-noite.

Os registros do céu à meia-noite tão evoluindo. O modo noturno ajudou até, mas te digo que logo as coisas vão melhorar. Que assim seja.

E assim vamos seguir o ano todo nesse ritmo. De que todo dia pode ser o primeiro dia de algo especial. E que pode ser um dia especial.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

A semana no blog- 19 a 25 de junho Como esconder dados de contatos específicos no WhatsApp A semana no blog- 12 a 18 de junho WhatsApp testa migração de conversas do Android para o iOS A semana no blog- 5 a 11 de junho