Image

Minicoluna de cinzas

A minicoluna de cinzas vem aí com algumas novidades, clássicos, notas rápidas e bem, o resto você descobre lendo.
, , ,

Hoje é Quarta-feira de Cinzas – e acho que agora sim dá para virar a chave, não é? Minicoluna de cinzas está no ar, afinal que outro nome poderia ter esta minicoluna de hoje se não lembrarmos que hoje é Quarta-feira de Cinzas?

É o intervalo do Carnaval para a Páscoa, e para as escolas de samba, da Páscoa para o Carnaval – adiaram os desfiles do Rio de Janeiro e de São Paulo para abril.

Na minicoluna, você já sabe: vão ao ar aqueles pequenos fatos que não cabem em um post – ou aqueles fatos que um dia vão caber em um post. Então, vamos conferir?

Antes de começar…

Perdeu a minicoluna pré-carnavalesca da semana passada? Clique aqui.

Já viu? Agora sim, pode seguir…

Ó quem tá chegando…

Ele voltou. E está quase pronto. É ele, o meu antigo Moto G2, que depois de ser o celular provisório do meu irmão, ter levado algumas quedas e tapas, teve a placa trocada e voltou para este editor.

Esse celular foi o Android com o qual eu passei mais tempo, uns quatro anos. Me deu alegrias – e aborrecimentos nos últimso anos, mas é aquele aparelho que é uma lenda e você lembra com saudade.

Mas aí você se pergunta: o que eu vou fazer com ele?

Tá lembrado do meu projeto beta?

Pois então: ele recebeu alguns aplicativos em beta, em especial do Instagram e dele mesmo, o WhatsApp. Sério, eu sempre quis fazer isso e não tinha oportunidade.

O que isso significa?

Que este editor vai postar e printar novidades que estejam chegando nesses aplicativos para poder postar para os leitores em – quase – primeira mão.

Fora que a câmera de 8 MP ainda dá para o gasto. E ainda coloquei um cartão de memória que estava encostado aqui no quarto. Afinal, o que eu não consigo fazer funcionar?

E falta o quê?

Um número, um chip de celular, que eu ainda vou conseguir. É lógico que o WhatsApp, por exemplo, não pode ser ativado sem um número de telefone. Mas logo eu vou providenciar um; é baratinho.

Vem aí, então, uma linha que vai ser ativada só para essa finalidade. E aí eu posso fazer os testes que quiser.

Clássico do Blog Josivandro Avelar

Mais uma quarta-feira com um clássico do Blog Josivandro Avelar nas redes sociais.

Siga-me no Instagram

É só ir em @josivandroavelar.

Prepare-se para a Páscoa

E mantenha os cuidados básicos para uma Páscoa mais plena e alegre com a sua família. Afinal, a tempestade vai passar.

E a minicoluna de cinzas fica por aqui. Voltamos com a minicoluna – com algum outro nome para complementar – na quarta-feira que vem. Boa volta ao trabalho!


Receba os posts do site em seu e-mail!

Toda vez que um post for publicado no site, você irá receber na hora.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Antes de deixar o seu comentário, leia a Política de Comentários do site.

Luneta Sonora

Um podcast sobre tudo e o nada ao mesmo tempo.
  1. Luneta Sonora 127: Sério que eu esqueci dos três anos do podcast?
  2. Luneta Sonora 126: Se eu esqueci de alguma coisa, eu não me lembro
  3. Luneta Sonora 125: Como eu esqueci de oito desenhos?
  4. Luneta Sonora 124: Que legenda este episódio merece?
  5. Luneta Sonora 123: A velha rotina está de volta
  6. Luneta Sonora 122: Nunca pode ser tarde, mas tem sido tarde

Assine A Luneta

Receba os posts do site em uma newsletter enviada às segundas, quartas e sextas, às 8 da manhã.