Material de gaveta

Na comunicação, a gente chama de “material de gaveta” o que escreve agora e publica num momento em que não temos assuntos importantes para tratar em um veículo. A gente faz em um momento, faz até vários, e deixa guardado até usar no momento certo. O que importa é que nunca falte material.

A gente edita aquele material de gaveta um monte de vezes até, para ficar caprichado e as pessoas darem uma certa importância, que você nem percebe. Tudo o que se produz é importante. Até um texto como esse que saiu de dentro das gavetas do rascunho e que eu escrevi para publicar no momento em que eu não tivesse o que publicar. Mas que momento?

A gente deixa guardado para os momentos mais oportunos. E que momentos oportunos são esses? Quando nos dá bloqueio criativo, quando a gente não tem nada para escrever, quando não acontece nada. Mas no ano passado e agora aconteceu tanta coisa

Mas comunicando, a gente também pode produzir alguma arte no meio das palavras. Porque recebemos tantas informações que a gente quer talvez se distrair. E quando a gente sente que toca uma única nota quando devia variar, é que a gente aciona ideias assim. Tipo essas bem soltas.

E nessas distrações as ideias saem, seja aqui, seja nas redes sociais.

Ideias incríveis guardamos em gavetas, separadas naqueles temas que são coisas que gostamos de fazer. Talvez estejam empoeiradas, mas dando um jeito, limpando e ajeitando, a gente traz para hoje. Ideias incríveis nasceram assim. A gente guarda, nem liga, mas no fim, essa é a ideia da sua vida.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.