Image

Junte tudo o que puder e planeje

Se você é daqueles que junta tudo o que puder e planeja, você me entende.

Eu já fiz uns 40 rascunhos nesse site e até me perdi um dia desses por conta disso. Até um dia desses já foram 50. Eu sou desses que junta tudo o que puder e planeja. Se você é daqueles que junta tudo o que puder e planeja, você me entende.

Afinal, são tantas coisas que a gente vai deixando para depois, outras que a gente guarda, tipo um rascunho que eu falava de uma dor de dente que eu senti em agosto e que eu já nem me lembrava mais. Se eu dou um jeito de adaptar? Quem sabe.

Até mesmo as coisas que ficam guardadas no rascunho e ficam meses e meses esperando fazem parte. É como se eu quisesse ter algum texto em mente guardado para um determinado momento.

E esse texto é um exemplo. Começou de um jeito, estava há meses guardado. E eu quis deixar guardado para que em algum momento eu pudesse usar. Talvez até esquecesse que esse texto existia.

Mas eu achei este texto. Que como vários que eu deixei no rascunho, começou com um parágrafo solto. Adaptei de uma maneira que não parecesse que começou a registrar um outro momento e uma outra realidade. E cá está.

Afinal de contas, a gente precisa deixar as coisas guardadas justamente para ter um material, uma base, um norte. Afinal, o que seria de nós sem ter uma bagagem para levar?

É com essa bagagem que eu vou transformando passado em presente, presente em futuro. E assim eu vou procurando fazer o possível para viabilizar o que é preciso viabilizar, afinal, estou seguindo aquele mantra de juntar tudo o que puder e planejar.


Receba os posts do site em seu e-mail!

Toda vez que um post for publicado no site, você irá receber na hora.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Antes de deixar o seu comentário, leia a Política de Comentários do site.

Luneta Sonora

Um podcast sobre tudo e o nada ao mesmo tempo.
  1. Luneta Sonora 127: Sério que eu esqueci dos três anos do podcast?
  2. Luneta Sonora 126: Se eu esqueci de alguma coisa, eu não me lembro
  3. Luneta Sonora 125: Como eu esqueci de oito desenhos?
  4. Luneta Sonora 124: Que legenda este episódio merece?
  5. Luneta Sonora 123: A velha rotina está de volta
  6. Luneta Sonora 122: Nunca pode ser tarde, mas tem sido tarde

Assine A Luneta

Receba os posts do site em uma newsletter enviada às segundas, quartas e sextas, às 8 da manhã.