E os perfis do Luneta Sonora tão como?

Anteriormente tinha falado sobre uns testes que fiz nas redes sociais do podcast Luneta Sonora, que na prática servem mais para isso não apenas para resguardar a marca nas mídias, mas também para servir como um importante laboratório. Esse é um balanço do que eu fiz naquele laboratório de social media do Luneta Sonora e como os perfis foram de desempenho.

Então, cessados os agendamentos e partindo para outros posts soltos, mas assim, dentro da organização que eu me propus a fazer, obtive resultados interessantes. Segue aí e entenda.

Entre o meio e o final de junho, fiz uma etapa de agendamentos de posts e stories nos perfis do Luneta Sonora, contei com a sempre importante mãozinha dos recursos do IFTTT, porque eu trabalho sozinho, e agora eu passei a fazer posts soltos, inclusive alguns servindo como laboratório de instruções para outros posts aqui do blog.

A única mudança sensível foi no Instagram, que cresceu bem de seguidores, provando de todas ainda ser uma mídia forte. Veja que no print que eu coloquei como arte no post onde eu anunciava que ia fazer o experimento, o perfil tinha 16 seguidores.

Em 7 de setembro, quando eu elaborei o post que entrou no ar ontem, 10 de setembro, o perfil está com 53 seguidores. De certo modo, posso considerar que a estratégia deu certo. Mas só no Instagram. E com as outras redes, o que houve?

Então, as outras redes continuaram praticamente estáticas – Facebook tem 7 seguidores, Twitter tem 6. Para essas outras redes, é preciso um diagnóstico muito aprofundado. Muito mesmo.

O que posso mais fazer no perfil do Luneta Sonora?

O número de seguidores do Instagram dá a sensação de que é necessário fazer mais para crescer mais. E então, o que dá para fazer no perfil do Instagram do Luneta Sonora é, em linhas gerais, basicamente isso:

  • Maior regularidade nas publicações, que dependem dos conteúdos do podcast. Mais episódios, mais crossmedia;
  • Melhoria nas estratégias de tráfego (o perfil tem potencial para anúncios);
  • Mais conteúdo para stories – o Instagram ajuda muito permitindo compartilhar links do Spotify, onde o podcast está;
  • Trechos do conteúdo do podcast em reels com artes mais atraentes, sem sair da linha de identidade visual.

Essas são lições que vou aprendendo não só com os perfis do Luneta Sonora, mas com todos os que eu faço o gerenciamento ou acompanho. Um erro pode acontecer aqui ou ali, mas é também necessário às vezes errar para aprender. Assim vou seguindo os laboratórios e procurando acertar. Os resultados demoram, mas aparecem.

E se você quiser fazer parte dessa trajetória, siga os perfis do Luneta Sonora no Instagram, Facebook e Twitter.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Posts no Instagram no computador para todos A nova home do Blog Josivandro Avelar Novidade no Close Friends do Instagram Gravação de áudios com pausa no WhatsApp Comunidades no WhatsApp?