Image

#ContentTalks: Temos material (por isso tudo muda rápido)

Temos material para realizar os sonhos e desenhos que quiser. Por isso tudo muda rápido, principalmente as séries que ainda estão para entrar no ar.

Eu sei, eu continuo preparando as novas séries de arte, mas garantindo que elas entram no ar ainda neste ano. Algumas coisas vão ser mudadas, outras retrabalhadas, mas o que importa é que temos material. Material o suficiente para que as coisas mudem rápido, como dias de publicação, esquema de artes, essas coisas.

E uma luminária nova também, foi o último pacote de aniversário que chegou. Eu já vinha tendo problemas com a antiga luminária, que eu usava na gravação dos vídeos e na composição dos desenhos. Uma luminária que mal conseguia se firmar numa powerbank não cumpre sua função direito.

Mas tá, que material eu ainda tenho?

A série de #96folhas com o atual caderno, que é o terceiro e já chegou em sua folha de número 89, tem data para acabar: 2 de dezembro. A série será renovada com um novo caderno no sábado seguinte, 9 de dezembro. Para tal, quatro cadernos foram comprados, e destes, só um vai ocupar a lacuna do sábado. Os que restam ocuparão as lacunas dos próximos dias.

Ainda nesta semana, começam as gravações dos desenhos do #40folhas, que é um caderno menor, o qual depois de vários anos será a primeira série de artes tradicionais a entrar no ar em um dia útil, até lembrando que os cadernos de folhas entram no ar nos fins de semana. A série está programada para entrar no ar no terceiro post das sextas-feiras, antes do post do Luneta Sonora.

As novas séries de arte ainda não entraram no ar por conta dos planos que vão mudando o tempo todo, mas as bases estão lançadas. O que importa é oferecer o máximo possível de arte, e isso importa muito quando eu preciso cobrir lacunas existentes no site. Só que eu preciso planejar tudo isso direitinho.

Mas já tem uma delas que está praticamente encaminhada. E o que eu posso passar sobre a série #40folhas é que ela será monotemática. Ela vai falar sobre anseios, sobre desejos e sobre coisas que eu quero viver, por acreditar que tudo o que eu faço agora ainda não é um terço do que eu gostaria de fazer. Vai falar sobre coisas que estão próximas de mim.

Afora as outras folhas. O plano de pintar em telas, que é o que ainda está pendente. Tenho três blocos de desenho, umas folhas A3 e outras A4. Mais uma caixa de pastel. E lápis de cor. Giz de cera. Tudo pronto para ir além das séries do fim de semana. Temos material. Aos poucos, esse material vai virando o que merece virar, e o que foi feito para virar: arte.

E sim, tudo isso vai ser comercializado. Em breve será lançado um Mídia Kit para as artes físicas, e as artes desde já estão abertas para comissões. Você ainda pode ajudar a manter este projeto através da chave Pix artesdigitais@josivandroavelar.com.br, doando qualquer valor que seja.

É por tudo isso, pelos ativos que eu tenho, pelos ativos que ainda vou ter, pelas inspirações que eu guardo e pelas inspirações que eu ainda vou ter, que tudo muda muito rápido. Ainda bem, porque quanto mais opções forem dadas, mais posso dizer que eu consigo realizar os meus sonhos.


Receba os posts do site em seu e-mail!

Toda vez que um post for publicado no site, você irá receber na hora.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Antes de deixar o seu comentário, leia a Política de Comentários do site.

Assine A Luneta

Receba os posts do site em uma newsletter enviada às segundas, quartas e sextas, às 8 da manhã.