Image

Zona de conforto? Talvez eu nem me lembre mais…

Zona de conforto não faz parte de uma mente criativa e inquieta. Se não lembro da última vez que saí dela, lembro da mais emblemática.

Não tem como não dizer que o pontapé inicial para sair da zona de conforto foi aquele 7 de agosto de 2014, quando o blog mudou de plataforma – saiu do Blogger onde passou quase seis anos e foi para o WordPress, onde está há sete. O próprio WordPress sai da zona de conforto várias vezes; não é a mesma plataforma que eu conheci lá em 2014, ao contrário do Blogger, que não mudou absolutamente nada desde essa época e foi praticamente “largado” pelo Google. E não mudando nada, não poderia desempenhar um trabalho mais multimídia. Porque eu só poderia conquistar isso mudando. E aqui estou eu há sete anos.

E aqui eu pude ser mais que um blog, mas só conservo o nome de blog justamente por uma questão mais de identidade, mas quero que esse seja um espelho para tudo o que eu faço, de sites institucionais como o da 612 Comunicação aos de notícias, como UNIBUS RN, Ônibus & Transporte e Por dentro do RN. Onde mais eu poderia fazer web stories, por exemplo? Portfólio de artes? Uma divulgação extraordinária de mídias sociais? Se isso significar também tirar dinheiro do bolso, investir pesado, que assim seja como foi. O blog tem hospedagem própria, que me permite ser flexível e profissional.

A última vez que eu saí da zona de conforto talvez eu nem me lembre mais. Talvez foi quando eu passei a produzir web stories com mais frequência. Mas a vida é assim, te tira da zona de conforto várias vezes.

Vou até além… Zona de conforto não faz parte de uma mente criativa e inquieta. Se não lembro da última vez que saí dela, lembro da mais emblemática.

Inspirado no desafio Bloganuary do WordPress.com

O tema do terceiro dia é “Escreva sobre a última vez que você saiu da zona de conforto.“. Como eu disse… Talvez eu nem me lembre mais.


Receba os posts do site em seu e-mail!

Toda vez que um post for publicado no site, você irá receber na hora.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Antes de deixar o seu comentário, leia a Política de Comentários do site.

Luneta Sonora

Um podcast sobre tudo e o nada ao mesmo tempo.
  1. Luneta Sonora 126: Se eu esqueci de alguma coisa, eu não me lembro
  2. Luneta Sonora 125: Como eu esqueci de oito desenhos?
  3. Luneta Sonora 124: Que legenda este episódio merece?
  4. Luneta Sonora 123: A velha rotina está de volta
  5. Luneta Sonora 122: Nunca pode ser tarde, mas tem sido tarde
  6. Luneta Sonora 121: Um dia de recados soltos

Assine A Luneta

Receba os posts do site em uma newsletter enviada às segundas, quartas e sextas, às 8 da manhã.